STJ concede habeas corpus e Alexandre Nardoni deve retornar ao semiaberto


Alexandre Nardoni, condenado a 30 anos de prisão pelo assassinato da própria filha, a pequena Isabella Nardoni na época com 5 anos, durante um final de semana em que ela foi visitar o pai e a madrasta em um apartamento onde a família moravam em SP, deve deixar a cadeia.

O condenado recebeu um benefício da justiça, onde voltará a cumprir a pena em regime semi-aberto.

Anúncio

Atualmente preso em Tremembé em SP, ele teve um recurso de progressão de regime revogado em agosto deste ano, depois que o Ministério Público pediu um exame psicológico.

Agora, no último dia 30, o ministro Ribas Dantas, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), acatou pedido de habeas corpus impetrado pela defesa por entender que o preso já preenche os requisitos para a progressão do regime fechado para o semiaberto. A decisão foi dada no último dia 30 e o Ministério Público de São Paulo (MPSP) ainda pode entrar com recurso.

Na época do crime, laudos periciais comprovaram que a menina foi agredida pelo casal, e posteriormente jogada pelo pai da janela do apartamento no sexto andar, causando sua morte.

Anúncio

O casal nunca admitiu o crime.

A madrasta já está em semi aberto desde 2017.

Comente abaixo

Anúncio

Written by Ana

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0