Mulher é enterrada com vestido de noiva após morrer atropelada um dia antes do casamento na Grande SP

O enterro da professora Milena Toschi de Andrade, 23 anos, foi realizado com muita tristeza, mas também revolta. Ela estava noiva e feliz, se preparando para a chegada do grande dia em que subiria ao altar, mas esse sonho foi interrompido no dia 31/10, quando ela foi atropelada quando estava indo para o trabalho, ia começar mais um dia cumprindo com sua responsabilidade profissional. Infelizmente uma moto a atropelou em Francisco Morato, na Grande São Paulo.

Pensando em prestar a última homenagem, o corpo da jovem Milena, ela foi sepultada no Cemitério Municipal de Francisco Morato usando o vestido de noiva.

“Era o sonho dela se casar”, falou o primo Gustavo Toschi. Ele também disse que no local não há sinalização onde ela foi atropelada, na Rodovia Manoel Silvério Pinto, na altura da Vila Natal e do bairro Água Vermelha.

“Não tem nenhuma sinalização na via. Os carros pararam para ela passar, mas veio um motoqueiro pela lateral e acertou ela em cheio. Ela ficou cerca de 40 minutos no chão, convulsionando à espera do regaste”.

Sobre a prima Gustavo falou;

“Ela era uma pessoa maravilhosa, batalhadora, guerreira. Estudou na Universidade de São Paulo (USP). Saía de casa às 4h da manhã e chegava por volta das 23h30. Conseguiu se formar como pedagoga, e conseguiu passar em um concurso público. Estava muito feliz, tinha acabado de mobiliar o apartamento. Ia viajar amanhã para passar a lua de mel no Peru. Hoje faríamos um jantar em família para comemorar. Todos estavam muito ansiosos e felizes por ela. Eles formavam o casal mais lindo que eu já conheci”.

No Facebook, Ivan Viana, noivo da vítima desabafou; “Me dói tanto saber que ontem estávamos tão felizes por nossas conquistas, por nosso amor ser tão grande, por saber que amanhã iríamos realizar o nosso maior sonho que era nos casar, felizes por nossa casinha estar prontinha para começarmos nossa vida juntinhos como você sempre dizia. Hoje Deus tirou de mim a joia mais preciosa, aquela pessoa me confortava quando eu estava triste, que era a única coisa que me dava paz mediante a turbulência, um anjo que Deus colocou em minha vida. Foi minha companheira, minha amiga, minha conselheira, e mais que tudo isso, o amor da minha vida. A pessoa que planejou a vida inteira junto de mim, que jamais deixou eu desistir de algo! A única explicação e que ela era tão perfeita, que Deus a quis logo ao lado dele, que ela brilhe lá no céu como sempre brilhou na minha vida e na vida de todos que a tinha por perto. Peço a Deus que o amor que você me deu, esteja sempre no meu coração, e que sua luz me acompanhe e me ilumine como você sempre fez, Mor! “

“Ela era uma pessoa maravilhosa, batalhadora, guerreira. Estudou na Universidade de São Paulo (USP). Saía de casa às 4h da manhã e chegava por volta das 23h30. Conseguiu se formar como pedagoga, e conseguiu passar em um concurso público. Estava muito feliz, tinha acabado de mobiliar o apartamento. Ia viajar amanhã para passar a lua de mel no Peru. Hoje faríamos um jantar em família para comemorar. Todos estavam muito ansiosos e felizes por ela. Eles formavam o casal mais lindo que eu já conheci”, diz Gustavo.

Para ele, a sinalização correta da via poderia ter evitado o acidente.

“Nós estamos arrasados e revoltados, porque isso poderia ter sido evitado com uma sinalização adequada. É um total descaso. Já houve vários acidentes ali, várias mortes e nada e feito. Todos que moram aqui precisam atravessar para pegar o ônibus. Não temos outra opção.”

Em nota sobre a sinalização no local, a Prefeitura de Francisco Morato disse;

“O Serviço de Assistência Médica de Francisco Morato (SAME) e a Prefeitura de Francisco Morato lamentam profundamente o acidente que vitimou a professora Milena Toschi. Informa que na ocasião da ocorrência, populares naturalmente desesperados, acionaram o Corpo de Bombeiros, que é o agente responsável pelo resgate na região. Identificando a gravidade acionaram o serviço de transporte local, a chamada foi registrada em livro de ocorrências às 06:35, a ambulância se dirigiu imediatamente, chegando ao local da ocorrência em 08 minutos. Imediatamente foi feita a remoção para o hospital de referência de trauma mais próximo, que fica a poucos metros do local do acidente, o Hospital Lacaz. Sendo registrado atendimento à vítima às 06:49.

Ressaltamos que em relação à via, o município reconhece as condições e por isso já tem programado obra para reparos profundos na rodovia estadual Manoel Silvério Pinto. O projeto contempla o recapeamento de toda a extensão da via dentro do município, já licitado e contratado. O projeto também prevê redutores de velocidade e sinalização horizontal e vertical. O mesmo encontra-se aguardando liberação de recurso do Governo do Estado, por meio do Fumefi. Por fim registramos nosso respeito e a solidariedade a família”, conclui a nota.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Silvia M2ads

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Jovem escalpelada em kart se emociona ao voltar para casa e reencontrar gatos de estimação

Motorista de ônibus muda trajeto e 15 estudantes chegam a tempo para o Enem