Jovem escalpelada em kart se emociona ao voltar para casa e reencontrar gatos de estimação

Foto: reprodução

Após o grave acidente que aconteceu em 11 de agosto, quando a jovem Débora Stefanny Dantas de Oliveira, 19 anos, foi escalpelana no kart, ela conseguiu voltar para casa e falou com imprensa muito emocionada.

A jovem, moradora da Zona Sul do Recife, saiu de casa no dia do acidente, para se divertir, mas infelizmente quase perdeu a vida. Agora a emoção é imensa, ela está feliz por ter tido a chance de se recuperar, embora ainda tenha uma longa batalha pela frente, finalmente está de volta para se dedicar aos seus 3 amores, como ela mesma define seus bichinhos de estimação. São três gatinhos; Princesa Leia, Reiga e Caramelo. “São a minha família. Quanto tempo eu esperei por isso”, disse ela ao jornal da Globo em Pernambuco.

O noivo de Débora, que estava presente ao lado dela na entrevista, contou o quanto ela ama os bichinhos. Disse que a noiva se preocupava diariamente com os gatos nos dias em que teve de ficar internada no hospital. Ela pedia para que ele não deixasse de alimentar os pets todos os dias.

Para fazer o tratamento, Débora precisou ser levada para São Paulo, onde permaneceu por dois meses hospitalizada em Ribeirão Preto. Ela recebeu alta, mas terá se submeter a outras cirurgias, porém ela só voltará a ser operada em 2020 para procedimento estético.

“Não adianta ficar ansiosa com tratamento médico porque é tudo muito lento, com resultados demorados. Ano que vem vão colocar minha sobrancelha com 3% do couro cabeludo que sobrou. Estou ansiosa por isso porque a sobrancelha dá um formato ao rosto, mas nada absurdo. Estou tranquila. Todo tratamento vai ser em São Paulo”, contou a jovem que está esperançosa com o tratamento.

O noivo está feliz com a volta de Débora; “Eu estou muito feliz de ver ela sorrindo o tempo todo. Poucas vezes eu vi ela entristecida, mas vi entediada por estar dentro de um quarto, sem poder passear. Ela gosta de sair, ver o sol, ver a natureza. Para ela foi muito difícil passar dois meses dentro de um quarto sem ver a luz. Estou muito feliz de estar agora aqui para descansar”.

Na última semana de outubro, 28/10, Débora Stefanny participou do programa presentado por Fátima Bernardes, “Encontro”. “Eu sempre pensei que, se alguma coisa é inevitável, por exemplo, meu couro cabeludo não vai crescer, então por que vou sofrer por isso?”, disse a jovem.

“Já queria ser médica e isso me fez querer mais ainda, por ver que as pessoas precisam de humanidade. Às vezes, você vai ao médico e ele não te toca, não olha para você. É simplesmente a receita pronta, algo mecânico. Sei que toda profissão tem suas dificuldades, mas você tem que amar as pessoas para fazer isso. E eu amo as pessoas”.

Foto: reprodução

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Silvia M2ads

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

‘Emagreci 20 quilos durante a gravidez e os médicos não entendiam por quê’

Mulher é enterrada com vestido de noiva após morrer atropelada um dia antes do casamento na Grande SP