Homem consegue pegar iPhone X em queda numa montanha-russa a 128 Km/h

Incrível como esse homem consegue ser tão rápido e ainda contar com o fator sorte para não deixar um aparelho iPhone X se estatifar.

A câmera que fica ligada na montanha-russa em um parque temático de PortAventura, Barcelona, registrou uma cena impressionante, talvez a única no mundo, e o melhor; sem nenhum treino ou ensaio. Tudo o que aconteceu foi por um inacreditável reflexo que está impressionando a web.

Samuel Kempf, que é piloto, estava na montanha-russa para se divertir, ter as emoções que esse brinquedo proporciona para quem gosta. Sentado na poltrona que foi indicado pelo funcionário do parque PortAventura, como acontece em todos que trabalham com esse brinquedo, ele viu um iPhone X caindo do homem que estava algumas fileiras à sua frente. A montanha-russa estava em movimento, mas o piloto fez uma manobra surpreendente e, com toda precisão pegou o celular no ar, a uma velocidade de 128 km/h.

Imagine a alegria e o alivio do dono do aparelho quando descobriu que foi resgatado, ou melhor; impedido de cair em queda livre, por um piloto. Certamente o iPhone X teria ficado em pedacinhos, sem a menor chance de conserto.

O portal 1NewsNow contou como foi e a reação do dono do celular que estava “super surpreso e feliz”. Samuel disse; “Ele me deu um grande abraço e disse que compraria o vídeo de viagem para mim”.

A agilidade de Samuel foi para no YouTube e viralizou, no vídeo ele percebe que o iPhone está caindo e espera o momento exato em que pega o aparelho.

Como ninguém sabe se nas fileiras de trás, ao quere se divertir em uma montanha-russa, o ideal é não deixar o aparelho no bolso, guardar em lugar seguro, de um modo que não escorregue com as voltas que o brinquedo dá, afinal, qual a chance de ter um piloto prontinho para não deixar que o iPhone X caia no chão?


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Silvia M2ads

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *