Fifa nomeia mãe que narra os jogos para seu filho cego como a ‘Melhor fã de futebol’

A linda atitude de uma mãe que leva o filho deficiente visual para acompanhar partidas de futebol no estádio é emocionante.

Desde que um vídeo viralizou no mundo, registrando a mãe, Silvia Grecco, sentada ao lado do filho, Nickollas narrando o jogo, em 10 de setembro de 2018. Ela se tornou um exemplo e inspiração para muitos pais.  Para Silvia, a maior recompensa é ver o menino feliz no estádio torcendo pelo time de coração, o Palmeiras.

A FIFA teve acesso ao vídeo com imagens capturadas por câmeras instaladas no estádio, comprovando que a ação da mãe de narrar o jogo para o filho, não foi por acaso, nem para aparecer no vídeo, ela realmente faz isso e capricha para passar todas as informações.

O amor e uma mãe é incondicional e capaz de superara todas as barreiras, por isso é tão lindo ver a relação de amor e confiança dessa mãe com o menino. Em meio a tantas notícias desanimadoras de seres humanos praticando o mal ao próximo, atitudes como essa provam que a maioria da sociedade é formada por pessoas que amam a família, trabalham e se dedicam para dar amor e melhorar a qualidade de vida dos filhos.

Alguns internautas ficaram curiosos com o modo que Silvia Grecco resolveu ajudar o filho, ela poderia dar um rádio ou ele ouvir a partido no celular. Si, poderia, inclusive ele costumava acompanhar a narrativa do jogo em uma emissora de rádio da região, porém a mãe observou que ele tirava o aparelho auditivo quando iam ao estádio. O menino queria ouvir as músicas que a torcida canta.

“E então eu comecei a contar sutilmente todas as jogadas. Assim, tornou-se natural para mim contar a ele o jogo. Também descrevo os detalhes do ambiente, as características de cada jogador, se eles têm cabelos tingidos, mangas compridas, a cor de suas chuteiras(…) Narrar os objetivos é, sem dúvida, a parte mais emocionante ”, explicou a mãe.

 Os diretores da FIFA indicaram Silvia Grecco para o prêmio de The Best 2019’, na categoria ‘Melhor fã de futebol ‘.

“Gratidão. Que honra esse reconhecimento. Aumenta nossa responsabilidade em nossa missão de dizer isso. As pessoas com deficiência existem e precisam ser incluídas e respeitadas. O futebol tem esse poder. Você pode nos ajudar votando”, escreveu Grecco na rede social. Agradeceu Grecco na rede social.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Silvia M2ads

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Após morte do filho, Cafu quebra silêncio: “Continuem orando por nós”

Servidor da Saúde corre risco de demissão se tratar mal os pacientes