Às vezes, seu filho não é mal criado, mas sofre de Transtorno Opositivo-Desafiador

- Anúncio -

É comum ouvir muitos pais dizendo que seus filhos não lidam bem com ordens, mas como são pequenos e ainda não compreendem com maturidade para distinguir o certo do errado, fica mal criado. Tudo bem, que dependendo da idade, de fato não entenda ainda tudo como os adultos gostariam, mas é preciso ter atenção quando as “birras” são constantes e a criança tiver muita dificuldade em obedecer, nem sempre se trata de uma reação manhosa ou mal humorada.

Em alguns casos, crianças que muitos se comportam com desobediência excessivo, pode ser algo mais sério, um sintoma de Transtorno Opositivo-Desafiador (TOD), que causa transtorno mental, fazendo com que a criança não suporte receber ordens, mesmo sendo dos próprios pais.

TOD pode levar a criança a não acatar regras, não aceita imposição que represente autoridade e se posiciona de maneira a resistir às orientações dos pais ou de qualquer outra pessoa.

- Anúncio -

Veja o que diz a doutora pediatra neuropediatra e Clay Brites sobre crianças com Transtorno Opositivo-Desafiador;

- Anúncio -

“Pode levar a condutas desafiadoras, sentimento intenso de irritabilidade e crises de raiva assim como de vingança. A presença destes indivíduos em grupos sociais sempre leva a instabilidades e discussões recorrentes.”

Para a mãe de Rafel, Ellen Moraes Senra, psicóloga, explica do seguinte modo; “Uma vez que é explicado que o nome daquilo que o paciente sente é raiva e que é uma emoção que todos nós sentimos, pode ser que fique mais fácil para o mesmo compreender que suas reações são provenientes dessa mesma emoção, algo que funciona muito bem é deixar que o paciente explore sua emoção de forma clara”.

Seja qual for a dificuldade com os filhos, a orientação é sempre buscar ajuda profissional para fazer o diagnóstico correto, identificando o transtorno, pois a criança precisa de tratamento e viver bem, não somente quando criança, mas para se tornar um adulto coerente para ter vida profissional, relações no campo social e relacionamentos com a família, assim como tudo em geral.

Não deixe de levar seu filho para avaliação médica e terapêutica se estiver muito mal criado, esse pode ser um sinal de Transtorno Opositivo-Desafiador (TOD).


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Batata “frita” de micro-ondas: feita sem óleo e pronta em apenas 6 minutos

Leonardo DiCaprio faz alerta contra o desmatamento no Brasil