Além das expectativas! Bebê que nasceu sem crânio celebra 1 ano de vida mesmo dizendo que ele não passaria de um dia!

Algumas coisas tão incríveis acontecem que deixam até a medicina e a ciência sem explicação! E nesse momento só nos resta acreditar em milagres!

Tem pessoas que reclamam da vida mesmo quando estão empregadas em boa empresa, quando toda a família está com saúde e pelos motivos mais banais que podem ser resolvidos com um pouco de paciência.

A história desse bebê diante de muitos dos problemas considerados comuns do dia a dia passe a não ter a menor importância.

Até para quem não acredita em milagres, ao conhecer o bebê Owen Masterson entende o significado real de que milagres são reais e que a fé é capaz de promover transformações que nem a ciência é capaz de explicar e tão pouco negar.

No período de gestação, o médico que acompanhava o pré-natal deu uma notícia preocupante, deixando os pais muito tensos, Ele disse que o bebê não teria chances de viver mais do que um dia após o nascimento e que possivelmente nem conseguiria completar todas as semanas necessárias até o parto.

Nas imagens do ultrassom a cabeça não estava definida, a gestante teve de ser encaminhada para o hospital imediatamente.

A notícia foi um choque, mas os pais não desistiram do bebê. Munidos de muita fé e esperança, eles consultaram um especialista em St. Louis, EUA, no hospital judaico, que foram encaminhados.

O diagnóstico não foi animador, as imagens mostraram um sério problema no crânio, porém o restante do corpo estava bem. Os pais foram orientados a optar pelo aborto, mas se recusaram porque já amavam seu pequeno bebê e queriam dar a ele a chance de viver.

A mamãe Jéssica ficou muito apreensiva no dia do parto, sabiam que teriam que confiar em um milagre para o filho sobreviver.

Owen nasceu com uma doença rara que leva a má formação dos ossos da cabeça, músculos e também do couro cabeludo. A cobertura do cérebro é feita apenas de pele.

O milagre aconteceu!

O menino que não iria viver um dia nasceu em 2017 e completou um ano de vida. Os médicos que diagnosticaram a deformidade e aconselharam a fazer aborto, ficaram surpresos e sem entender como a criança ainda está com 1 ano e muito bem cuidado.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇