Vídeo: cães aguardam pelo dono na porta de hospital

- Anúncio -

O catador de materiais descartáveis falou sobre sua convivência com os seus cães.

Cézar Gonçalves, que vive em situação de rua, e trabalha com materiais descartáveis, ficou conhecido na internet, depois que precisou de atendimento médico, na madrugada de segunda-feira (10).

Cézar sentia fortes dores abdominais e procurou o pronto-socorro do Hospital Regional do Alto Vale, em Rio do Sul, Santa Catarina.

- Anúncio -

Mas o que chamou atenção, é que seus quatro cães, foram junto e aguardaram pacientemente em frente a porta do hospital enquanto o homem era atendido, o que levou cerca de uma hora.

Todos se comoveram com, Bebê, Nick, Menina e Tico, ansiosos aguardando o dono.

Lúcrecia Vendrami, enfermeira que trabalhava naquela noite registrou a imagem que foi compartilhada milhares de vezes nas redes sociais.

“Eu nunca tinha visto, com tantos animais juntos. Eram quatro cachorros e a gente vê normalmente cachorrinhos por aqui, mas nada que a gente consiga ver que é de alguém, ou que veio com alguém daquela maneira”, disse.

O homem contou que o primeiro cão ele adotou há 5 anos e que os outros foram se juntando à ‘família’, e que eles são inseparáveis.

“Eu saio lá para as 4h, que é um pouco mais fresco, eu saio para catar reciclagem e eles vão junto. Aonde eu vou eles vão junto comigo”, disse Cézar.

Ele alimenta os animais dividindo o que ganha durante o dia, e também de doações de pessoas que ofertam ração para ajudar a turma.

- Anúncio -

Cézar se disse surpreso com a repercussão do caso, pois para ele é normal ver os animais sempre junto dele.

“Sem os bichinhos, eu não sou nada”, declarou.

- Anúncio -

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Filha de João de Deus diz que sofreu abuso do médium aos nove anos

Motorista gritou para retirar crianças antes de morrer, diz jovem sobre escolar atingido por árvore