in

Viajar produz mais felicidade do que se casar e ter filhos, diz estudo.

- Anúncio -

A informação de que viajar pode fazer uma pessoa mais feliz do que ter filhos é do portal Portal Booking, que realizou um estudo sobre níveis de felicidade com pessoas que costumam viajar sempre.

O desejo de viajar pelo mundo e conhecer novas culturas, ou até mesmo dentro do próprio país em que vive, pode promover a qualidade do humor, reduzir o estresse e fazer com que os viajantes tenham mais motivação para investir em seus projetos de negócios.

Nesse estudo, apenas 27% das pessoas que participaram da pesquisa apresentaram ser mais importante casar e, para eles, bastaria alguns dias de viagem nas férias com a família para relaxar e sentir felicidade. Por outro lado, 55% dos entrevistados disseram que viajar os torna mais feliz do que ter um parceiro (a) e filhos.

- Anúncio -

No estudo do Portal Booking, 18% preferem ter filhos, pois essa é a maior felicidade para eles.

- Anúncio -

Outra informação que se obteve com o estudo, que dentre as pessoas que tanto gostam de viajar, elas não se apegam muito aos bens materiais como roupas, carros de luxo ou joias, preferem investir o dinheiro em roteiros de viagem. Lembrando que os mais jovens preferem viajar muito, o que é perfeitamente natural pelo fato de não se sentirem prontos ou estarem dispostos a construir uma relação fixa. Dependendo da faixa etária, querem viver o momento, porém nem todos pensam desse modo, alguns gostam de viajar com pares que também compartilham dos mesmos ideais.

Não apenas pessoas jovens preferem viajar a ter filhos e casar, alguns adultos também apontaram essa preferência.

O estudo que do Portal Booking foi realizado com 18 mil pessoas em países diferentes. Não se pode dizer que tenha sido um estudo aprofundado com observação, além da pesquisa por meio de questionário breve, mas a intenção animou profissionais e empresas do setor de turismo.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Homem mata namorada e esfaqueia a sogra um dia depois de homenagem pelo Dia da Mulher

Ouvir a voz da mãe por telefone causa a mesma sensação de ganhar um abraço