Usar Roupas sem passar: a nova tendência para “frear” o aquecimento global

Pensando na sustentabilidade, uma nova tendência da moda está conquistando muitos adeptos dispostos a mudar o conceito de usar roupas bem passadas. 

A ideia é inovadora, mas já está com grande número de pessoas que estão dispostas a pensar no meio ambiente, mas também tendo uma experiência libertadora de sair de ficar longe do ferro de passar.

Advertisements

Para ter uma ideia do quanto a tendência de usar roupas sem passar está ganhando força no mundo, logo nas primeiras semanas em que a ideia foi compartilhada nas redes sociais, mais de 300 mil usuários das redes já haviam manifestado serem favoráveis a proposta.

A campanha é uma busca com o slogan; “ orgulhosos de nossas roupas amassadas.” Simples e objetiva, a campanha que tem como principal proposta, a de frear o aquecimento global, parece estar dando certo.

Embora a causa seja muito importante, pois cada uma precisa fazer o possível para preservar o planeta, não se pode esperar que as pessoas deixem de gostar de ter roupas bem passadas.

Usar roupas passadas não é algo novo, há décadas, até mesmo antes do ferro elétrico, as roupas eram engomadas e passadas com ferro de carvão, muito pesado e com a brasa no interior para aquecer e deixar as roupas esticadas. Quem tiver curiosidade pode fazer uma busca na internet e ver modelos dos antigos ferros.

Na época dos primeiros ferros elétricos, melhorou bastante, mas ainda não era como os modelos atuais, que oferecem mais leveza e opções de temperatura para cada tipo de tecido.

Esse breve resumo sobre ferro de passar roupas, é só para deixar claro que, a sociedade, em sua maioria, não irá aderir a tendência de usar roupas sem passar, mas talvez com o esclarecimento de que é para um bem maior, pode ser que aos poucos, a mudança aconteça de maneira mais ampla.

Nas redes sociais, muitas pessoas comentaram sobre essa tendência, como fez  Karen Ramos; “questões ambientais e porque realmente são estereótipos que as pessoas lidam com relação a como você deve usar suas roupas”.

“Quando você usa roupas amassadas ou melhor, que não foram passadas a ferro, entende-se que não se utilizou do instrumento que gastou energia desnecessariamente , portanto, é absolutamente justificável”.

Do mesmo modo que a proposta recebeu apoio, muitos também discordam , como fez um internauta sobre o cuidado ao se vestir;  “mostra cuidado, que há comprometimento consigo mesmo, auto-estima, que você tem roupas limpas, em vez disso, uma pessoa com roupas amassadas mostra uma pessoa desajeitada”

Os idealizadores da campanha, disseram que se apenas uma família deixar de passar roupas, o resultado equivale a 7 árvores plantadas.

Para fortalecer a campanha, uma empresa está vendendo roupas amassadas a partir de US$ 30,00 Dólares.

Créditos: https://www.curiosidadesdaterra.com/2019/09/usar-roupas-sem-passar-nova-tendencia.html

Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Leave a Reply
  1. Eu já faço isso há muito tempo. Há mais de dez anos aposentei meu ferro elétrico, como minha forma de contribuir para a não construção de hidroelétricas na Amazônia. Minha conta de energia elétrica mensal não chega a trinta reais, e vivo muito bem, nada me falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *