Uma irmã mais velha é a coisa mais preciosa que você pode ter na vida!

Ter uma irmã mais velha é ter a certeza de que nunca estaremos sozinhos, desprotegidos, porque elas estarão sempre lá por nós, para nos defender e ajudar a juntar nossos pedaços quando as coisas não saírem como desejamos.

Quando se tem uma irmã mais velha, além de uma amiga, a caçula também conta com a proteção da irmã, que em muitos momentos age como se fosse uma segunda mãe, com a diferença de, na maioria das famílias, não ter idade para isso. Mas a relação familiar não são só flores, em meio a tanto amor envolvido, existe momentos de estresse, quando as irmãs se desentendem por coisas às vezes boba. Evidente que a construção do respeito é fundamental, assim como a confiança.

Quer um exemplo de brigas entre irmã mais velha e a caçula? A mais nova sempre gosta de admirar as roupas, a maquiagem, cremes e perfumes da mais velha entre outras coisas e acaba usando sem permissão. Por mais humilde e compreensiva, quando ambas são jovens, a briga pode acontecer pelos exageros de não respeitar a privacidade ou pegar os objetos sem devolver.

Mães que tiveram experiência de ter uma irmã mais velha entendem o comportamento das filhas e até apóia, pois sabe que esse comportamento é algo passageiro. Os laços da referência de serem irmãs se tornam mais fortes depois e as irmãs voltam a se colocarem na posição de antes.

Ter uma irmã mais velha ajuda na construção do amadurecimento, sem elas esse afeto é transferido para a melhor amiga, ou prima, mas não é mesma coisa do tipo de conexão que é estabelecida pelas irmãs mais velhas com as mais novas e vice versa.

Quando se começa a perceber que a irmã mais velha está passando para uma nova fase da vida, é comum que a caçula desperte interesse e admiração, querendo saber mais transforma a irmã mais velha em sua heroína, seu foco de atenção. Desde que não seja nada excessivo e sufocante, é perfeitamente natural, afinal, a mais nona cresce aprendendo a ver a mais velha como uma mãe menor, mais nova e mais próxima da imagem de uma amiga quase mãe.

Ter uma irmã mais velha é sim um presente preciso, por isso não importa quanto tempo podem passar juntas, não deixe de lembrar das brincadeiras e tudo o que viverem e vivem juntas e viva essa conexão de amor com laços fortes, independente das diferenças.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇