Crianças teimosas podem ser mais bem-sucedidas no futuro, diz estudo

Tudo tem um lado bom, né?!

A tarefa de educar os filhos não é nada fácil, ciente disso, os pais buscam informações para fazer o melhor possível desejando que as crianças se tornem pessoas adultas de bem.

Preocupados com o que o filho encontrará na fase adulta, às vezes os pais podem até exagerar um pouco e cobrar muito dos filhos impondo regras muito severas. A educação antigamente era mais rígida exatamente por isso, por receio da criança se tornar um jovem desobediente. As pessoas de mais idade se lembram de como eram as regras na casa, os pais ou avós só precisavam olhar quando queriam conversar com um visitante, para a criança entender que tinha de sair do local para não ouvir a conversa.

Mas sempre existiu criança teimosa, esse comportamento não é uma novidade trazida com a nova geração. Evidente que o posicionamento era diferente, a criança era do tipo “criança problema”.

Com certeza os pais devem colocar limites para ensinar, mas não devem ficar muito preocupados se tiver uma criança teimosa em casa, desde que tenha apurado se a teimosia exagerada e por qualquer motivo, não tenha fundo de transtorno emocional. O ideal é conversar com o pediatra ou terapeuta infantil para saber se é apenas uma característica da personalidade da criança ou algo a mais.

Pesquisadores estudaram 700 crianças entre 8 e 12 anos até que tivessem pouco mais de 40 anos apara avaliar como crianças teimosas seriam na vida adulta. Par surpresa dos estudiosos da MAGRIP em Luxemburgo, as crianças mais teimosas se tornaram as mais bem sucedidas e também as mais confiantes, que ganharam mais dinheiro e são mais felizes por conta do seu posicionamento diante da vida.

A pesquisa foi publicada em uma revista científica, a Developmental Psychology, confirmando os resultados.

O estudo teve início em 1968 e foi concluído no ano 2008.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇