in

Sobe para 37 o número de mortes confirmadas em Brumadinho

O resgate se encerrou no final da tarde deste sábado (26), e está marcado para recomeçar às 4h da madrugada de domingo (27).

O dia de trabalho de buscas por vítimas se encerrou em Brumadinho, depois do desastre de rompimento da Barragem 1 Mina do Feijão.

O Corpo de Bombeiros confirmou até o momento a morte de 37 pessoas, cerca de 299 pessoas ainda estão desaparecidas e 176 foram resgatadas com vida na região.

Segundo informação da equipe de resgate Anjos do Asfalto, os corpos da maioria das vítimas pode nunca ser encontrado, porque a lama é mais fluída que no caso de Mariana.

Os especialistas explicaram que é uma lama que suga para baixo, dificultando o acesso das equipes de resgate.

81 pessoas estão desabrigadas, 23 pessoas foram encaminhadas para o hospital.

O coronel Almeida, do Corpo de Bombeiros, informou que a Vale está drenando a barragem 6 para evitar sobrecarga.

“Mas não há perigo de rompimento”, afirmou. “É um trabalho da empresa para reduzir a pressão na barragem, feita com controle dos técnicos”, afirmou o comandante do Corpo de Bombeiros.

Risco de chuva

A Defesa Civil de Brumadinho emitiu um alerta para possibilidade de chuva. “Áreas de instabilidade atmosférica devem provocar pancadas de chuva, raios e rajadas de vento (em torno de 50km/h). Volume previsto: 20 a 40 mm Válido até 23h de sábado”.

TICIANE PINHEIRO REVELA 1 SEMELHANÇA ENTRE BEBÊ QUE ESPERA E RAFA! VEJA:

FRALDA DE MARCA FAMOSA CAUSA QUEIMADURAS DE 3º GRAU EM MENINA