Professor isola criança que tem câncer por medo de contágio

O caso revoltante aconteceu na Chine e esta levantando a questão da ignorância e intolerância nas redes sociais pelo mundo todo

Com apenas 3 anos o menino chines, foi separado dos demais coleguinhas da turma na escola, porque o professor acredita que o seu câncer seria contagioso.

A criança que tem um tipo de câncer raro, o  linfoma de Hodgkin, mas mesmo assim os pais tentam fazer com que ele tenha uma vida o mais normal possível.

Os pais então o matricularam na escola primária de Liancheng, na China, que fica próxima do trabalho dos pais, certos de que isso faria com que ele se sentisse mais estimulado a lutar pela vida, enquanto passa pelo difícil tratamento de quimioterapia.

A família ficou chocada e muito triste, quando descobriu que o professor do menino, que também acumula o cargo de subdiretor da escola, isolava a criança dos colegas, com a justificativa que o câncer poderia ser transmitido para os outros.

O caso foi exposto nas redes sociais e chocou o mundo inteiro, pela ignorância de quem deveria ser um exemplo para as outras crianças.

O pai denunciou que o homem também impedia a criança de fazer os exames de seu tratamento.

Na imagen, pode ver-se Zhou Xiaozhou sentado sozinho.

“Conseguem imaginar o que passa pela cabeça do meu filho durante 45 minutos?”, questionou o pai.

O profissional foi suspenso da escola e o caso será investigado.

 


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇