Polícia alerta: “Homem Pateta” das redes sociais induz crianças ao suicídio

Um grande risco pode estar por trás de uma imagem simpática voltada para o público infantil nas redes sociais, mas as autoridades policiais estão alertando os pais, para que as crianças não fiquem em risco e sejam induzidas pelo “homem pateta” ao suicídio.

Usando a imagem de um conhecido personagem da Disney, o Pateta, um homem recebe acessos das crianças nas redes sociais, ele posta fotos com imagens que remetem ao personagem e parece ser algo divertido, mas essa figura inocente pode ser um perigo, conforme a polícia alerta.

Advertisements

Os pais precisam sempre estar atentos aos perfis que os filhos acessam na internet, não apenas olhar para conferir se é algo voltado para crianças, mas também dedicar um pouco mais de tempo para ler as publicações, como no caso do “homem Pateta”, em que as mensagens são contraditórias e que pode induzir um menor de idade ao suicídio.

O primeiro caso desse tipo, foi investigado na Europa, em 2017, as publicações estavam em espanhol. No Brasil a polícia está atenta aos perfis, mesmo não tendo casos confirmados, porém identificaram algumas contas com idioma em português e codinome de Jonatan Galindo.

A delegada de Polícia Civil, Fernanda Lima, explica como um desafio nas redes sociais pode representar perigo; “Este perfil faz o desafio para que o interessado envie uma mensagem privada e, em resposta, passa a enviar vídeos, textos, áudios e até a fazer ligação por vídeo ao vivo. Essas mensagens causam desconforto, medo, terror e podem até induzir ao suicídio”.

Com base nos riscos que essas contas podem representar para os menores, a Polícia Civil e o Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, está alertando e orientando pais e responsáveis de crianças, para observar qualquer mudança no comportamento, pois pode ser medo de ameaças.

Vale lembrar que assim como os desafios na internet pode ser apenas uma brincadeira, alguns como o desafio da baleia azul, que viralizou nas redes sociais em 2017, foi um grande perigo para crianças e jovens. Na mesma época, foram registrados muitos suicídios.

A delegada Fernanda Lima fez o seguinte alerta: “Conversar e fortalecer a relação de confiança também é fundamental para que, caso algo aconteça, ele se sinta à vontade para te procurar e contar imediatamente o que ocorreu”.

“Mesmo que seu filho seja adolescente, não é demais lembrar que você tem total responsabilidade pela garantia da integridade física e psicológica dele, portanto, monitore constantemente o que seu filho vê, lê, ouve, escreve ou assiste pela internet. Os criminosos sexuais usam diversas estratégias para se aproximar das crianças e dos jovens, e podem aproveitar essa brecha até mesmo para obter informações sobre a rotina da sua casa e marcar encontros às escondidas para praticar os abusos”.

Créditos: https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/homem-pateta-das-redes-sociais-induz-criancas-ao-suicidio-alerta-policia

Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *