Pediatras fazem apelo aos pais: “façam furo na parede, isso pode salvar seu Bebê”

Você sabia que um simples furo na parede pode salvar a vida do seu filho?

Esse é um alerta que pediatras fazem a todos os pais para evitar que mais acidentes aconteçam.

Todos os dias o número de crianças que são atendidas por acidentes domésticos na rede pública hospitalar é alarmante, o mais preocupante é que esse número só está crescendo, por isso médicos se reuniram para informar aos pais como devem proceder para evitar que esse tipo de acidente ocorra.

Infelizmente alguns acidentes são mais graves e fazem com que a criança, principalmente os bebês que estão na fase de engatinhar dando os primeiros passos, fiquem hospitalizados até mesmo na UTI. Outros acidentes são mais leves, porém do mesmo modo podem causar lesões futuras.

Com algumas simples mudanças é possível evitar maiores danos.

Um estudo realizado nos Estados Unidos aponta que a cada meia hora um bebê da entrada no hospital com ferimentos causados em casa, os pais têm muita atenção, mas as crianças de um momento para o outro se mexem tendo atitude que podem colocar a vida em risco.

Nessa fase que começam a explorar a casa gostam de escalar paredes, subir nos móveis e tudo o que tiver em casa elas puxam mexem. Essa é uma das frases mais perigosas.

A situação é tão grave que uma bebê de apenas 3 anos morreu após uma cômoda pesando cerca de 70 kg ter caído sobre ela que pesava somente 12 quilos. Ela não estava sozinha em casa, mas não foi possível a impedir o acidente a tempo de salvá-la.

Para evitar esse tipo de acidente, membros da Academia Americana de Pediatria orientam que os pais devem atender a esse pedido; “Por favor, prendam os móveis soltos na parede!”

De acordo com informações que obtiveram por meio de seus estudos, pediatras fizeram a comparação de uma televisão de tubo caindo em cima de uma criança de apenas um ano, o impacto é tão mortal que seria o mesmo que se a TV estivesse caindo de um prédio de 10 andares, ou seja, a televisão estaria equivalendo 900 quilos.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇