Mulher pede divórcio porque marido queria fazer todas as tarefas domésticas

- Anúncio -

A mulher alegou que se sentia uma hóspede em sua própria casa e não quis continuar o casamento

A egípcia Samar M., de 28 anos, que era uma recém-casada e teoricamente estaria na fase de maior paixão de um casal, resolveu desfazer do matrimônio, com o homem com quem ela já namorava por dois anos, por um motivo um tanto incomum.

A mulher alegou que o homem não a deixava tomar nenhuma iniciativa nas tarefas da casa.

- Anúncio -

Ele lavava, passava, cozinhava, varria, organizava armários e geladeira, e ainda decidia quais programas na TV os dois poderiam assistir.

Ela disse que durante as duas semanas em que dividiram o mesmo teto, ela se sentiu como uma hóspede, uma estranha na própria casa, e que embora o amasse não conseguiria viver daquela forma e entrou com pedido de divórcio na vara familiar do Cairo, capital do Egito.

O caso acabou ganhando grande repercussão na internet, porque é incomum, ainda mais aqui no Brasil, onde culturalmente as mulheres são mais responsáveis pelas atividades da casa e em muitos casos os maridos nunca chegam se quer a dividir qualquer tarefa, o que seria o ideal.

- Anúncio -

Na maioria das famílias as mulheres acabam tomando conta de todo andamento da casa e muitas vezes sobrecarregam os trabalhos de fora, com as tarefas domésticas e ainda o cuidado com os filhos.

E você, o que achou desse caso? No lugar dela, você se incomodaria?

Deixe seu comentário.

 

- Anúncio -

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 receitas deliciosas para não jogar o pão dormido fora; rápidas, fáceis e baratas

Criança com câncer pede ‘desculpas’ à mãe antes de morrer no hospital