Mulher casou com homem que mandou jogar soda cáustica em seu rosto

Nos Estados Unidos, no ano de 1959, aconteceu um crime bárbaro em Nova York, tendo como vítima Linda Pugach. Esse triste caso deixou a população chocada e ao mesmo tempo assustada com a maldade praticada contra uma mulher. Naquela época não tinha internet nem redes sociais, mas o crime foi rapidamente divulgado pela mídia de rádio e jornais sendo um dos principais assuntos.

A protagonista do crime foi descoberta como sendo amante de Burton N. Pugach, advogado, casado e pai de uma menina. Quando Linda se envolveu com o advogado, ela tinha 22 anos de idade. A jovem não imaginava que o homem pelo qual estava perdidamente apaixonada era casado e pai.

Decepcionada com as mentiras e juras e amor que ouviu do homem, ela decidiu acabar com o relacionamento, não queria ficar no lugar de amante. Mesmo não tendo sido fácil a descoberta, Linda se relacionou com outro rapaz. Ao tomar conhecimento que a oca estava seguindo com sua vida e envolvida com outra pessoa, Burton N. Pugach, movido pelo ciúme contratou um homem para jogar soda cáustica no rosto de Linda Pugach, por pouco não ficou cega.

A polícia prendeu o advogado, que mais tarde foi a julgamento e condenado a cumprir pena de 14 anos de prisão em regime fechado. Após ter cumprido a pena e ter sido solto em 1974, Burton procurou Linda decidido a reconquistá-la e para surpresa de todos, o pedido de perdão dele deu certo. Linda Pugach e o advogado se casaram.

Segundo pessoas próximas do casal, disseram que os dois pareciam estar muito bem, se amando em um casamento feliz, mas Burton não conseguiu permanecer fiel, voltando a pratica do adultério, tendo se envolvido com algumas mulheres. A esposa, Linda sabia das puladas de cerca do marido e justificava defendendo a “necessidade” dele por ela não ter saúde para atender os desejos do marido em seu papel de esposa.

Em janeiro de 2013, aos 75 anos de idade, no dia 22, Linda morreu por insuficiência cardíaca em um hospital americano.

Essa história é contada no livro “A Very Different Love Story”


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇