Vídeo mostra como o menino do metrô de Santa Cruz morreu

- Anúncio -

Imagens das câmeras do circuito de segurança do Metrô de São Paulo, mostraram como foi que o menino Luan Silva Oliveira escapou da mãe de dentro de um vagão, e acabou morrendo ao ser atropelado por outra composição na estação Santa Cruz, Zona Sul da capital, em 23 de dezembro de 2018.

As imagens, assim como o laudo do Instituto de Criminalística (IC) da Superintendência da Polícia Técnico-Científica, e a causa da morte do menino foram entregues à Polícia Civil e divulgados nesta segunda-feira (11) à imprensa pelo advogado Ariel de Castro Alves, que representa a família de Luan.

De acordo com o registro do Hospital São Paulo, para onde a criança foi levada depois de ser encontrada no túnel da estação, Luan Silva Oliveira morreu devido ao “traumatismo crânio encefálico” quer sofreu ao ser atingido na cabeça pelo trem.

- Anúncio -

O advogado de defesa, diz que as imagens e os laudos demonstram que a mãe, Linéia Oliveira Silva, é isenta de qualquer responsabilidade pela saída da criança do vagão e consequentemente da sua morte.

“Ela fez o que estava ao alcance dela e não tem culpa pela tragédia que ocorreu com seu filho. As imagens também confirmam o depoimento de Linéia na Delegacia do Metrô [Delpom] no início do ano”, disse Ariel a respeito de Linéia nesta segunda-feira (11) ao G1.

“Ele passou na porta, que já tinha apitado. Como ele era pequenininho só deu tempo de ele passar. Quando ele passou, eu desesperei. Comecei a bater, gritar. Todo mundo ficou gritando: ‘para o metrô’, mas não conseguiram parar”, havia dito Linéia sobre Luan no ano passado.

“Eu nem estou dormindo direito”, falou Linéia nesta segunda pela manhã em entrevista coletiva. “Para mim ele não morreu não”.

Nas imagens é possível ver que a criança se solta das mãos da mãe e corre em direção a porta que se fecha assim que ele passa, ela levanta e tenta alcançá-lo mas não chega a tempo na porta e o trem já arranca.

Também fica claro o desespero da mãe e das outras pessoas que estão no vagão ao perceberem que Luan ficou para trás.

A família desce na estação seguinte e aciona a segurança para buscar o filho.

- Anúncio -

Túnel

No vídeo é possível ver o momento em que a criança passa uma porta que dá acesso ao túnel, percorre 260 metros pelos trilhos e é atropelada por outra composição. O menino foi encontrado por funcionários do Metrô com ferimentos na cabeça. Ele ainda chegou a ser socorrido a um hospital, onde já chegou morto.

- Anúncio -


Na marcação em vermelho há informação de que causa da morte de Luan foi atropelamento por trem que provocou traumatismo crânio encefálico, segundo documento do Hospital São Paulo, que atendeu a criança e está com a polícia — Foto: Rerprodução/Polícia Civil

Laudo do Instituto de Criminalística mostra imagem de vídeo gravado por câmera do Metrô: Luan aparece no colo da mãe dentro do vagão — Foto: Reprodução/IC

Documento do Instituto de Criminalística analisa imagens de câmeras que registraram instante em que menino deixa colo da mãe — Foto: Reprodução/IC


Nestas imagens do vídeo do vagão é possível ver Luan correndo em direção a porta do vagão — Foto: Reprodução/IC

Nestas imagens do vídeo do vagão é possível ver Luan correndo em direção a porta do vagão — Foto: Reprodução/IC


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nova tragédia! Avião cai no sul do país deixando rastro de mortes e destruição

Jornalista Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero