in

Muito Triste: Pais perdem seus 2 gêmeos pro câncer com meses de diferença

- Anúncio -

Para um pai ou uma mãe perder um filho é uma dor profunda, imagine perder seus 2 filhos gêmeos para o câncer? 

Infelizmente para o casal Natalie Decker e o esposo Will, a maior tristeza aconteceu, eles lutaram muito, fizeram tudo o que estava ao alcance para salvar os dois filhos gêmeos na luta contra o câncer.

Os meninos Joel e Seth nasceram no ano de 2014, aumentando a família, que já tinha o filho mais velho de 5 anos, Nathaniel. Com três filhos, o casal Will e Natalie estavam muito felizes, mas infelizmente, toda a alegria se tornou uma intensa batalha.

- Anúncio -

Em entrevista à revista People, a mãe contou desabafou; 

“Estávamos sempre ocupados, mas nós aproveitamos cada minuto com nossos três meninos em casa e as risadas e os barulhos e o quanto eles se amavam e se divertiam. O Joel era mais extrovertido, enquanto o Seth era mais tímido. Mas os dois estavam sempre juntos e tinham uma relação muito especial”.

No fim de 2017, o gêmeo Seth foi diagnosticado com um tipo raro de leucemia. 

A angústia da família foi ainda maior, quando ouviram dos médicos que Joel também havia sido diagnosticado 3 meses depois com a mesma doença, um câncer muito agressivo.

“Foi muito traumático, foi muito difícil processar que o Joel também tinha câncer. Eu realmente demorei vários dias para realmente processar o que havia acontecido!”, disse Natalie.

Os meninos foram levados a um hospital no Texas, EUA, para fazer o tratamento e exames de acompanhamento, porém foram internados em ambientes separados, cada menino ficou em um andar.

A mãe explicou; “Não podíamos ficar trocando muito entre nós porque você perdia muito do que está acontecendo com os cuidados do Seth ou Joel. Não haveria continuidade suficiente se ficássemos trocando muito”.

- Anúncio -

“Eles ficaram tão fortes durante tudo isso. Independente da dor que sentia, eles se mantinham firmes e positivos, eles sorriam todos os dias”. 

Infelizmente, Joel piorou após ter recebido alta e os pais precisaram levá-lo de volta ao hospital, poucos meses depois ele não resistiu.

- Anúncio -

“Nós pudemos abraçá-lo um pouco antes, ele finalmente parecia estar em paz. Nós ficamos devastados, eu honestamente não sei como conseguimos seguir. Acho que você realmente não tem escolha, nós tínhamos outros dois filhos e precisávamos seguir por eles”.

O irmão gêmeo Seth, após meses de luta, finalmente melhorou como disse Natalie;  “Ele estava ficando mais ativo e voltando a ser uma criança normal”.

Quando o filho parecia estar de fato vencendo a doença, ele teve recaída e piorou. “Ele estava ficando mais ativo e voltando a ser uma criança normal”, contou a mãe, mas o menino foi a óbito 18 meses após o irmão.

“A morte do Seth acabou sendo ainda mais difícil porque quando o Joel morreu nós tivemos que dedicar muito tempo ao tratamento do Seth, então estávamos sempre ocupados com algo. 

Mas depois que o Seth morreu nós tivemos muito tempo e isso foi ainda mais difícil. Eu, Will e nosso filho mais velho encontramos forças uns nos outros. Nós tentamos levar um dia de cada vez”, desabafou a mãe.

Em meio a dor, os pais disseram a People que a dor os levou a criar uma ONG para campanhas de arrecadação financeira voltada para ajudar crianças diagnosticadas com câncer durante o tratamento.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Testamento faz filho de Gugu abrir B.O contra a mãe em delegacia

Gusttavo Lima quase desistiu de cantar após morte da irmã e assumiu criação da sobrinha