in

Menino morre ao inalar meio vidro de desodorante aerosol

Uma chocante tragédia aconteceu na casa de uma família de Belo Horizonte, Minas Gerais, está vivendo. O luto pela perda de um menino de 10 anos que morreu ao inalar meio vidro de desodorante aerosol.

 

A criança morava no bairro Pirajá, com a família, mas não resistiu ao inalar, na última quinta-feira (25/8), um produto que está presente em todas as casas e que parece ser inofensivo. Mas para o menino  João Victor Santos Mapa foi fatal e levanta novamente a questão em relação aos riscos dos chamados  “desafios da internet”.

 

De acordo com o pai de João Victor, ele teria tentado reproduzir, o que assistiu em um vídeo na internet.

 

Segundo relato da mãe do menino, feito para a polícia, a criança desapareceu por volta das 19h, pouco antes ele estava brincando com os irmãos.

 

Ao sentir falta dele, começaram a procurá-lo na casa, até que encontraram o menino dentro de um armário. O SAMU foi acionada para o atendimento. 

 

Os socorristas fizeram todos os procedimentos de reanimação, mas infelizmente o menino não resistiu.

 

Em nota, a Polícia Civil comunicou o ocorrido: “Assim que acionada, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deslocou a perícia ao local dos fatos onde foi localizado o corpo de uma criança de 10 anos. Não há indícios de violência. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal Dr. André Roquette, onde foi submetido a exames e liberado aos familiares. A causa e circunstâncias da morte serão investigadas”.

 

Volta e meia novos desafios são lançados na internet, infelizmente, crianças e jovens podem colocar a vida em risco, ao tentar reproduzir ou participar de tais desafios.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UOL faz enquete sobre “saudade” de Lula, mas Bolsonaro lidera

Violência: Jogador de futebol mata ex-namorada a marteladas