Grávida e com o filho nos braços, ela se jogou na frente de um caminhão: disseram que ela estava deprimida. Atenção aos sinais

- Anúncio -

Depressão é uma doença séria, silenciosa e muito perigosa, capaz de fazer com que a pessoa tome decisões drásticas, por isso é importante que pessoas próximas observem e saibam identificar os sinais para evitar uma tragédia.

O caso dessa mulher de 26 anos grávida retrata bem o que é a depressão quando chega a um estágio em que o paciente coloca sua própria vida em risco.

Heidi McGovern tinha perfil de uma pessoa doce, parentes e vizinhos a descreveram como sendo uma pessoa maravilhosa, amiga e querida na sociedade, mas a depressão acabou com tudo isso. Para desespero de todos, essa mulher grávida, esperando bebê pela terceira vez, cometeu suicídio levando o filho nos braços.

- Anúncio -

My new wife and I 🙂 enjoying the beautiful weather in Rockland Maine! Thinking of friends in PNG!

Gepostet von Daniel McGovern am Freitag, 26. Juni 2015

Para cometer o ato trágico e desesperador para a família, a jovem grávida saiu de casa levando no colo o filho de 2 anos de idade. A jovem mãe Heidi escolheu um caminhão cisterna que seguia na estrada e se jogou na frente do veículo. Com o impacto ela teve morte instantânea, mas o filho de 2 anos foi “divinamente” protegido e sobreviveu. Ao ser socorrido a criança foi levada para o hospital Eastern Maine Medical Center, que fica em Maine, nos Estados Unidos.

- Anúncio -

A família da gestante que se suicidou, falou um pouco sobre ela em entrevista ao News Center Maine; “A mulher mais doce que conheci, amava sua família como ninguém, podemos acreditar que ela lutou contra a depressão, mas foi este o problema que fez com que ela tirasse sua vida.”

Para o obituário a família escreveu;

“Seu violino e seu bandolim estavam em silêncio, assim como sua doce voz de soprano. Porém, aqueles de nós que reconhecem o Senhor como nosso Salvador, ao nascermos de novo, a encontraremos na Glória algum dia, onde nunca mais teremos que dizer adeus.”

Infelizmente o que aconteceu com Heidi McGovern é que a depressão estava em estágio muito avançado, pensar que se trata de fraqueza é um julgamento equivocado por desconhecer o que essa doença é capaz de provocar.

Quando alguém próximo mudar o comportamento passando a apresentar apatia, desânimo excessivo, muito sono ou reclamar constantemente de dificuldade para dormir, cansaço fácil, irritabilidade, angústia, desinteresse, para de cuidar da aparência, entre outros sintomas, choro, sugira ajuda profissional.

- Anúncio -
Gepostet von Heidi Bickford McGovern am Mittwoch, 7. Februar 2018

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher leva jato de leite após xingar uma mãe que estava amamentando em público

Áudio revela que jovem morta pelo namorado preso estava com medo de fazer visita íntima: ‘E se ele me matar lá dentro?’