in , ,

Frango à parmegiana de frigideira

Frango à parmegiana de frigideira

Frango à parmegiana é um prato típico da culinária italiana, que consiste em filés de frango empanados, cobertos com molho de tomate e queijo derretido. É uma receita fácil, rápida e saborosa, que agrada a toda a família. Mas você sabia que é possível fazer frango à parmegiana de frigideira, sem precisar usar o forno? Neste artigo, vamos te ensinar como fazer essa versão prática e econômica do frango à parmegiana, além de contar um pouco da história desse prato e dar algumas dicas para deixá-lo ainda mais gostoso. Confira!

O que é frango à parmegiana?

Frango à parmegiana é um prato originário da região da Emília-Romanha, na Itália, onde é chamado de cotoletta alla bolognese. Trata-se de um filé de frango empanado, frito ou assado, coberto com molho de tomate e queijo parmesão ralado, que é levado ao forno para gratinar. O nome do prato vem do queijo parmesão, que em italiano se diz parmigiano.

O frango à parmegiana é muito popular no Brasil, onde foi trazido pelos imigrantes italianos no século XIX. Aqui, o prato ganhou algumas variações, como o uso de queijo mussarela no lugar do parmesão, e o acompanhamento de arroz e batata frita. O frango à parmegiana também é comum na Argentina, onde é chamado de suprema a la napolitana.

Frango à parmegiana de frigideira

Como fazer frango à parmegiana de frigideira?

Para fazer frango à parmegiana de frigideira, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • 4 filés de peito de frango
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 2 ovos batidos
  • 1 xícara de farinha de rosca
  • Óleo para fritar
  • 1 xícara de molho de tomate pronto
  • 200 g de queijo mussarela fatiado
  • Orégano a gosto

O modo de preparo é simples:

  1. Tempere os filés de frango com sal e pimenta-do-reino a gosto.
  2. Passe os filés pelos ovos batidos e depois pela farinha de rosca, pressionando bem para empanar.
  3. Aqueça uma frigideira grande com óleo e frite os filés em fogo médio-alto até dourarem dos dois lados. Escorra em papel toalha.
  4. Na mesma frigideira, retire o excesso de óleo e coloque o molho de tomate. Deixe aquecer um pouco e arrume os filés por cima do molho.
  5. Cubra cada filé com uma fatia de queijo mussarela e salpique orégano a gosto.
  6. Tampe a frigideira e deixe em fogo baixo até o queijo derreter.
  7. Sirva em seguida, acompanhado de arroz e salada verde.

Qual é a origem do frango à parmegiana?

A origem do frango à parmegiana é incerta, mas existem algumas teorias sobre como esse prato surgiu. Uma delas é que o frango à parmegiana seria uma adaptação do vitelo à parmegiana, um prato tradicional da região da Emília-Romanha, na Itália. O vitelo à parmegiana consiste em um escalope de carne bovina empanado, frito ou assado, coberto com molho de tomate e queijo parmesão ralado, que é levado ao forno para gratinar.

Outra teoria é que o frango à parmegiana teria sido criado nos Estados Unidos, por imigrantes italianos que não encontravam carne bovina com facilidade e usavam o frango como substituto. Essa versão também teria influenciado o surgimento do chicken parmesan, um prato típico da culinária americana, que consiste em um filé de frango empanado, coberto com molho de tomate e queijo parmesão ou mussarela, servido com macarrão.

Uma terceira teoria é que o frango à parmegiana seria uma invenção brasileira, inspirada na cotoletta alla milanese, um prato típico da região da Lombardia, na Itália. A cotoletta alla milanese é um filé de carne bovina empanado e frito em manteiga, que pode ser servido com molho de tomate e queijo por cima. No Brasil, os imigrantes italianos teriam adaptado essa receita usando o frango e levando ao forno para gratinar.

Quais são outras receitas com frango que você pode fazer?

Se você gosta de frango, existem muitas outras receitas que você pode fazer com esse ingrediente versátil e nutritivo. Aqui estão algumas sugestões:

  • Frango xadrez: um prato de origem chinesa, que leva cubos de frango, pimentão, cebola, amendoim e molho shoyu. É servido com arroz branco.
  • Frango ao curry: um prato de origem indiana, que leva pedaços de frango, leite de coco, curry e outros temperos. É servido com arroz basmati ou pão naan.
  • Frango assado: um prato clássico, que leva um frango inteiro temperado com alho, sal, pimenta, limão e ervas. É assado no forno até ficar dourado e suculento. É servido com batatas assadas e salada verde.
  • Frango à caçadora: um prato de origem italiana, que leva pedaços de frango cozidos em um molho de tomate, vinho tinto, cogumelos, azeitonas e ervas. É servido com pão ou polenta.
  • Frango teriyaki: um prato de origem japonesa, que leva filés de frango grelhados e regados com um molho agridoce feito de shoyu, saquê, açúcar e gengibre. É servido com arroz japonês e legumes salteados.

Quais são as dúvidas mais comuns sobre frango à parmegiana?

Algumas das dúvidas mais comuns sobre frango à parmegiana são:

Posso usar outro tipo de queijo no lugar do mussarela? Sim, você pode usar o queijo de sua preferência, desde que seja um queijo que derreta bem. Algumas opções são o parmesão, o provolone, o gouda ou o prato.

Posso fazer frango à parmegiana no micro-ondas? Sim, você pode fazer frango à parmegiana no micro-ondas, seguindo os mesmos passos da receita de frigideira. A diferença é que você vai cozinhar os filés empanados no micro-ondas por cerca de 5 minutos em potência alta, virando na metade do tempo. Depois, você vai colocar o molho e o queijo por cima e levar ao micro-ondas novamente por mais 2 minutos ou até o queijo derreter.

Posso congelar frango à parmegiana? Sim, você pode congelar frango à parmegiana já pronto ou apenas os filés empanados. Para congelar o prato pronto, espere esfriar completamente e coloque em uma forma ou refratário que possa ir ao freezer. Cubra com papel alumínio ou filme plástico e leve ao freezer por até 3 meses. Para descongelar, retire do freezer e leve ao forno pré-aquecido a 180°C por cerca de 20 minutos ou até aquecer bem. Para congelar apenas os filés empanados, coloque-os em uma forma ou bandeja forrada com papel manteiga e leve ao freezer até endurecerem. Depois, transfira-os para um saco plástico ou recipiente fechado e mantenha no freezer por até 3 meses. Para descongelar, frite-os normalmente em óleo quente ou asse-os no forno a 180°C por cerca de 15 minutos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas para Fazer um Molho Branco Perfeito

Dicas para Fazer um Molho Branco Perfeito

Como Fazer um Arroz Carreteiro Completo e Delicioso

Como Fazer um Arroz Carreteiro Completo e Delicioso