Estudo diz que galinhas têm pensamento lógico e até são maquiavélicas

- Anúncio -

Os cientistas afirmam que elas não são burras como se pensava até agora

O jornal “Animal Cognition”, especializado em ciência apresentou um estudo cientifico americano, que afirma que ao contrário da crença popular, as galinhas são animais que tem pensamentos lógicos e podem até mesmo ser maquiavélicas.

Enquanto eram acompanhados, os galos mostraram que são capazes de articular, por exemplo, cacarejavam como se tivesse ração para atrair fêmeas, e quando estavam cortejando as fêmeas, cacarejavam mais baixo, para não alertar outros machos.

- Anúncio -

“Diferentemente de outras aves, galinhas são categorizadas como mercadoria, sem autenticidade de um animal real”, disse Loro Marino.

O cientista coordenador da pesquisa, ainda contou que as penosas têm senso de contagem, conseguindo discernir a quantidade de ovos que eclodiram:

“Galinhas são capazes de raciocinar e usar a lógica, coisa que os humanos só costumam aprender aos sete anos de idade”.

- Anúncio -

A forma como elas se comunicam também chamou atenção dos estudiosos:

“Elas possuem um vasto repertório sonoro, com até 24 vocalizações diferentes, usadas para atrair parceiros ou avisar sobre a presença de perigo, além de sentirem uma gama de sentimentos positivos ou negativos, incluindo medo, antecipação e ansiedade.”


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Primeiro bombeiro com síndrome de Down é nomeado em Buenos Aires

Encantadoras de homens: 5 qualidades das mulheres que os homens têm medo de perder. O que elas têm de tão especial?