Enfermeira amarra bebê de 5 meses na cama do hospital e mãe desabafa

- Publicidade -

A mãe disse que a criança também estava com a fralda vazando cheia de cocô e xixi.

- Publicidade -

Os gêmeos Fran e Filip precisaram ser internados no hospital Alemka Markotic em Zagreb na Croácia, para tratar uma infecção causada pelo rotavírus.

- Publicidade -

Com os bebês internados, a mãe Ana Trescec precisava se dividir entre os cuidados com eles e com a filha mais velha que é epilética.

Ana conta que ficou chocada, quando um dia ao chegar no quarto onde estava Fran, ela viu seu bebê amarrado a cama, com a fralda toda suja, vazando.

- Publicidade -
- Publicidade -

Eu fiquei sem ar, profundamente chocada. Os genitais do Fran estavam muito vermelhos e havia até feridas. Eu ainda me sinto muito mal só de lembrar da cena”, disse Ana em entrevista a agência de notícias Central European News.

Ana fotografou a cena, para poder denunciar a enfermeira e provar o que estava dizendo, depois foi soltar e limpar o filho, só então procurou a enfermeira que disse para ela que prendeu o bebê para ir tomar café.

- Publicidade -

Ela ainda disse: “Não dá para esperar que eu troque a fralda dele a cada cinco minutos!”.

Ana compartilhou as fotos nas redes sociais, como forma de alertar outras mães sobre o local. O Hospital se desculpou, mas afirmou que os bebês estavam sendo bem cuidados.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Após a denúncia de Ana, o Ministério da Saúde da Croácia informou irá investigar o hospital.

– Publicidade –

- Publicidade -
- Publicidade -