Cachorro é abandonado em abrigo após os donos terem um bebê

O abandono é terrível para qualquer pessoa, mas os animais também sofrem quando são abandonados, um exemplo do quanto um cão pode sofrer quando se vê abandonado pelos donos é um cachorro da raça pastor alemão que da casa, até que os donos tiveram um bebê e deixaram o animal em um abrigo.

O nome do cachorro é Rocco, ele tem 3 anos e passou mal dentro do abrigo para animais em Dallas no Texas. Ele ficou somente pelos cantos assustado, até que começou a tremer muito e a situação se agravou. Rocco teve uma crise nervosa sem nenhum histórico anterior de problemas neurológicos nem outros comprometimentos de saúde.

Uma funcionária do abrigo ficou comovida com a situação do cachorro, ela fez um vídeo mostrando o comportamento e a condição em que ele se encontrava, poderia não suportar se permanecesse muito tempo no abrigo. Depois de postar o vídeo na web, rapidamente recebeu muitas visualizações e compartilhamentos até viralizar.

Preethi Pillaipakkam é uma jovem que ama cães e já teve muitos da mesma raça. Com muita dó do bichinho decidiu que sua casa seria o novo lar de Rocco, então foi ao abrigo para adotá-lo por meio da adoção responsável. O portal The Dodo entrevistou Preethi; “No começo eu achei que ele estava abalado apenas pelo abandono, mas quando o conheci percebi que provavelmente houve maus tratos na outra casa em que ele vivia. Então, acho que seu estado naquele vídeo foi uma combinação do abandono e dos maus tratos que ele já havia sofrido”

A jovem explicou que Rocco estava muito magro para cães da raça dele, um pastor alemão deve pesar entre 35 e 40 quilos e não os 27 que o bichinho estava pesando.

Quando Rocco chegou na nova casa, ele ficou tímido, mas com o amor e carinho que recebeu, agora não quer sair de perto da jovem dona; “No começo ele ficou muito tímido e tinha muito medo. Mas agora anda sempre junto comigo. Ele também adora sua caminha e os brinquedinhos que comprei para ele!”, disse Preethi.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *