in , ,

Bolo Nuvem do Japão: Segredo da Receita Sem Mistério

Bolo Nuvem do Japão: Segredo da Receita Sem Mistério

Você já ouviu falar do bolo nuvem do Japão? Esse é um bolo muito leve, macio e delicado, que lembra uma nuvem de tão fofo que é. Ele é feito com claras de ovos batidas em neve, que dão a ele uma textura aerada e suave. Além disso, ele é muito fácil de fazer e leva poucos ingredientes. Neste artigo, vamos te ensinar como fazer essa delícia e também te contar um pouco da sua origem e curiosidades. Confira!

O que é o bolo nuvem do Japão?

O bolo nuvem do Japão, também conhecido como castella cake ou kasutera, é um bolo tradicional da culinária japonesa, que foi introduzido no país pelos portugueses no século XVI. O nome castella vem de Castela, uma região da Espanha que fazia parte do Império Português na época. O bolo original era feito com farinha de trigo, ovos, açúcar e mel, mas os japoneses adaptaram a receita usando apenas as claras dos ovos e reduzindo a quantidade de açúcar. O resultado é um bolo muito leve e macio, que se tornou um dos doces mais populares do Japão.

Bolo Nuvem do Japão: Segredo da Receita Sem Mistério

Veja como fazer bolo nuvem do Japão sem mistério

Para fazer o bolo nuvem do Japão, você vai precisar de:

  • 6 claras de ovos
  • 1/4 de xícara de açúcar
  • 1/4 de xícara de mel
  • 1/4 de xícara de leite
  • 1 xícara de farinha de trigo peneirada
  • Manteiga e farinha para untar a forma
  • Para aprimorar o sabor, pode adicionar um pouco de baunilha ou raspas de limão

O modo de preparo é o seguinte:

  1. Preaqueça o forno a 180ºC e unte uma forma retangular com manteiga e farinha.
  2. Em uma tigela, bata as claras em neve até formar picos firmes. Adicione o açúcar aos poucos, sem parar de bater, até obter um merengue brilhante e firme.
  3. Em outra tigela, aqueça o mel no micro-ondas por cerca de 20 segundos, até ficar líquido. Adicione uma colher do merengue ao mel e misture bem.
  4. Despeje a mistura de mel sobre o restante do merengue e misture delicadamente com uma espátula, fazendo movimentos circulares de baixo para cima.
  5. Adicione a farinha peneirada aos poucos, misturando com cuidado para não perder o ar da massa.
  6. Transfira a massa para a forma untada e alise a superfície com a espátula. Dê algumas batidas na forma para eliminar as bolhas de ar.
  7. Leve ao forno por cerca de 30 minutos ou até dourar e passar no teste do palito.
  8. Retire do forno e deixe esfriar por 10 minutos na forma. Depois, desenforme sobre uma grade e deixe esfriar completamente.
  9. Corte em fatias e sirva como preferir.

A origem do bolo nuvem do Japão

O bolo nuvem do Japão tem uma história curiosa e interessante. Ele surgiu no século XVI, quando os portugueses chegaram ao Japão e levaram consigo vários produtos e receitas europeias. Entre eles, estava o pão de ló, um bolo simples feito com farinha, ovos e açúcar.

Os japoneses se encantaram com esse bolo macio e doce, mas como não tinham acesso fácil aos ingredientes, eles começaram a adaptar a receita usando apenas as claras dos ovos e reduzindo a quantidade de açúcar. Eles também acrescentaram mel à massa, para dar mais sabor e umidade.

O bolo ficou conhecido como castella cake ou kasutera, em referência à região de Castela na Espanha, que fazia parte do Império Português na época. Ele se tornou um dos doces mais populares do Japão, sendo vendido em lojas especializadas e feiras.

O bolo nuvem do Japão é um símbolo da influência portuguesa na cultura japonesa, assim como outros pratos como o tempura, o pão de mel e o vinagre de arroz.

Mais 3 receitas com claras de ovos

Se você gostou do bolo nuvem do Japão e quer aproveitar as claras de ovos que sobraram de outras receitas, confira mais 3 sugestões deliciosas que você pode fazer:

  • Suspiro: uma receita clássica e fácil de fazer, que leva apenas claras de ovos e açúcar. Você pode aromatizar os suspiros com baunilha, limão ou chocolate e assá-los no forno até ficarem crocantes por fora e macios por dentro. Eles são ótimos para decorar bolos, tortas e sorvetes ou para comer puros.
  • Pavlova: uma sobremesa elegante e sofisticada, que consiste em um disco de merengue crocante por fora e macio por dentro, coberto com chantilly e frutas frescas. Você pode usar as frutas da sua preferência, como morangos, kiwis, mangas ou frutas vermelhas. A pavlova é originária da Nova Zelândia e foi criada em homenagem à bailarina russa Anna Pavlova.
  • Omelete de claras: uma opção saudável e proteica para o café da manhã ou o lanche da tarde. Você pode rechear a omelete com queijo, presunto, tomate, espinafre ou o que mais gostar. Basta bater as claras com um pouco de sal e pimenta e fritá-las em uma frigideira antiaderente. Depois, é só dobrar a omelete ao meio e servir.

Dúvidas comuns sobre o bolo nuvem do Japão

  • Como deixar o bolo nuvem do Japão mais fofo? O segredo para deixar o bolo nuvem do Japão bem fofo é bater bem as claras em neve até formar picos firmes e misturá-las delicadamente à massa, para não perder o ar. Além disso, é importante usar uma forma untada e enfarinhada, preaquecer o forno e não abrir a porta durante o cozimento.
  • Como conservar o bolo nuvem do Japão? O bolo nuvem do Japão pode ser conservado em um recipiente fechado em temperatura ambiente por até 3 dias ou na geladeira por até 5 dias. Você também pode congelar o bolo já assado por até 3 meses, embrulhando-o bem em papel alumínio ou filme plástico.
  • Como variar o sabor do bolo nuvem do Japão? Você pode variar o sabor do bolo nuvem do Japão adicionando à massa alguns ingredientes como raspas de limão, essência de baunilha, chocolate em pó ou coco ralado. Você também pode cobrir o bolo com calda de chocolate, geleia de frutas ou creme de leite condensado.

Conclusão

O bolo nuvem do Japão é uma receita deliciosa, leve e fácil de fazer, que leva apenas claras de ovos, açúcar, mel e farinha de trigo. Ele é perfeito para aproveitar as claras que sobraram de outras receitas e para surpreender seus convidados com um bolo macio e saboroso. Além disso, ele tem uma origem curiosa e interessante, sendo um símbolo da influência portuguesa na cultura japonesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aprenda Como Fazer uma Deliciosa Marmelada de Laranja

Aprenda Como Fazer uma Deliciosa Marmelada de Laranja

Colégio demite professora gravada ensinando linguagem neutra a alunos em SC

Colégio demite professora gravada ensinando linguagem neutra a alunos em SC