Blogueira gera polêmica ao dar banho na filha com leite materno doado para tratar eczema

Foto: reprodução/Instagram

A escolha de uma mãe ao trata a eczema da filha com leite materno, gerou indignação e reprovação de muitos internautas, sendo que, o problema foi divulgado pela própria mãe da criança ao publicar em seu perfil da rede social, o post foi feito no instagram por Mel Watts, uma blogueira da Austrália.

Indie de 3 anos, é fila da blogueira Mel, a menina foi diagnosticada com eczema, por isso não é recomendado o uso de produtos comuns, para que o quadro não progrida, piorando a eczema. A orientação nesses casos é usar sabonetes, cremes, hidratantes e todos os produtos de higiene e cosméticos especiais, mas a mãe decidiu dar banho na filha com leite materno doado.

A blogueira disse que o motivo de ter iniciado o tratamento caseiro com leite materno, foi após ouvir falar que esse leite é também curativo nos casos de eczema, ela que é mãe de mais 4 crianças, então se sente bastante experiente, mas às vezes uma mãe pode ser surpreendida com uma novidade dos filhos como uma alergia que possa surgir.

Para explicar sobre da eczema que a filha sofre desde quando tinha 3 meses de vida, ela foi entrevistada pelo site Kidspot. Mel Watts contou o quanto é difícil ver a menina com esse problema, tentou muitos tratamentos, inclusive alimentar quando foi sugerido tirar da alimentação de Indie, todos os alimentos contendo lactose e glúten. Mel disse que para uma mãe é muito frustrante ver a filha com essa inflamação, por isso ela disse; “quando você é uma mãe, fará qualquer coisa para dar algum alívio ao seu filho”.

A doutora Vânia Carvalho, Presidente do Departamento de Dermatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, disse o seguinte sobre eczema; “Normalmente nossa pele funciona como se fosse um muro de tijolos, impedindo a penetração de substâncias que potencialmente causam alergias nas pessoas predispostas. Nas crianças com dermatite atópica esta barreira não é efetiva”.

Foto: reprodução/Instagram

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *