Bebê passa 5 dias em coma, depois ele acorda com um grande sorriso para seus pais


Os pais de um bebê estavam angustiados com o filho internado no hospital. A situação estava cada dia mais difícil e o quadro de saúde do pequeno não era animador, os médicos já não tinham esperança de que um dia o bebê pudesse acordar.

O bebê Michael Labuschgne ficou em como induzido durante 5 dias, a decisão da equipe médica foi pensando em evitar que, caso ele sobrevivesse, o cérebro não sofresse maiores danos. Mas para alegria dos pais e grande surpresa para os médicos do hospital, o pequeno Michael despertou, saiu do coma muito bem e ainda deu um lindo sorriso quando viu o pai.

A família considera um verdadeiro milagre a recuperação do bebê, ele foi diagnosticado com um tumor grave no coração, chamado fibroma cardíaco. O tamanho do tumor era impressionante, maior do que o coração. A qualquer momento poderia interromper o fluxo sanguíneo e o menino não conseguiria resistir.

Anúncio

Em busca de uma chance para salvar o bebê, os pais o levaram para Boston, Estados Unidos. Eles foram em busca de um médico especialista e muito experiente nesse tipo de tumor.

Sem condições para pagar todo o tratamento do bebê, sendo que a única esperança seria conseguir tratar a doença em Boston e vendo que havia uma chance para o pequeno Michael superar a doença, a solução foi fazer uma campanha para arrecadar fundos. Os pais do bebê criaram a campanha GoFundMe para receber doações.

A família conta com a boa ação das pessoas que puderam ajudar e pedem que a campanha seja compartilhada nas redes sociais, desse modo o pedido de ajuda pode chegar a muitas pessoas. O valor total do tratamento é equivalente a R$ 600 Mil Reais. Aos poucos o quadro do bebê ficou estável, mas ele ainda está em tratamento, por isso precisa de toda ajuda possível para sua recuperação.

Anúncio
Comente abaixo

Anúncio

Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0