TESTE: Descubra Como Você Morreu Na Sua Vida Passada

Se você acredita em vidas passadas com certeza já pensou em como foi a sua, certo? Se não acredita, tem curiosidade, certo?

A curiosidade sobre o que acontece depois da morte, é algo que está presente nas culturas milenares, como também na atualidade. O ser humano tem a certeza de que um dia, não importa o estilo de vida, a raça, sexo, ou poder aquisitivo, terá de lidar com a passagem da vida para a morte.

O mistério que ronda esse tema, é um dos mais abordados pelas religiões e seitas, especialmente nos segmentos espiritualistas que acreditam na reencarnação.

Saber quem você foi na vida passada é uma curiosidade, que não é recente, ao contrário, é um conceito presente em muitas doutrinas religiosas, que entendem o corpo físico apenas como um invólucro do espírito, por isso oferecem ensinamentos sobre a importância de viver bem, se afastando das práticas do mal, que podem retardar o processo evolutivo, visando ter uma vida futura, ou seja; uma nova encarnação vivendo melhor.

Independente do credo de cada um, ou mesmo para quem é ateu, o ideal seria o ser humano respeitar o próximo e suas diferenças, não maltratar animais, não poluir o meios ambiente, por exemplo; manter as praias limpas retirando o lixo do que usar sem deixar na areia, entre tantas outras ações de comportamento.

Para descobrir quem você foi e como morreu na vida passada, muitas pessoas procuram profissionais que garantem utilizar técnicas de regressão, entrando em um estado de transe para fazer a “viagem” interior.

Estudiosos das religiões e terapias reencarnacionista explicam, que a melhor dica para saber como desencarnou na vida passada, é uma curiosidade pouco necessária para a vida atual do indivíduo, mas a dica que orientam é observar sua personalidade, analisando de maneira muito sincera, assim poderá descobrir como viveu no passado anterior a vida atual, pois os indícios de como prefere viver, tem ligação de como vivia. São esses os traços que permanecem e só vão sendo modificados aos poucos, a medida em que o indivíduo evolui.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇