Temos que ensinar os nossos filhos a serem felizes e não a serem perfeitos


Como será a vida dos filhos, é uma das maiores preocupações de todos os pais, e em um mundo cada vez mais competitivo e dinâmico, muitos desses pais acabam depositando muitas expectativas com relação a sucesso profissional, e realizações pessoais pelas quais seus rebentos irão passar.

Mas, especialista em comportamento infantil apontam que a motivação em relação a educação deveria ser voltada a felicidade das crianças, isso mesmo, devemos nos preocupar com a felicidade dos pequenos em primeiro lugar.

Anúncio

As experiências vivenciadas nos primeiros anos de vida, vão moldar o ser humano para sua vida adulta, e muitas vezes traumas e marcas de infância são grandes responsáveis pelas maiores frustrações e infelicidade de pessoas adultas.

Marcas feitas por cobranças excessivas, podem causar ansiedade, depressão e essas doenças podem perdurar por toda a vida se não forem identificadas e devidamente tratadas.

Adultos com problemas em relacionamentos, que não sabem vivenciar sentimentos e muitas vezes são nocivos aos parceiros e a si mesmos, na grande maioria são pessoas que carregam experiências negativas vividas em sua infância.

Anúncio

Alguns pais sobrecarregam filhos com  cursos, estudos, projetos, e não percebem que alem de aumentarem a carga de ansiedade, diminuem o tempo que poderiam ter em família.

E mesmo os que muitas vezes passam mais tempo em família, não sabem fazer desse tempo, momentos de qualidade.

Ao pensar na forma de educar o filho, observe o quanto a felicidade dele é realmente importante. Observe o que é importante para eles, converse, participe.

Anúncio

Estudos comprovam que pais que passam bons tempos com os filhos, são pessoas mais tranqüilas e lidam melhor com problemas familiares.

Vale a pena começar a pensar em investimento na qualidade de vida familiar, o futuro agradece.

Comente abaixo

Anúncio

Written by Ana

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0