in , ,

Receita de Kibe de Forno

Receita de Kibe de Forno

O kibe de forno é uma receita típica da culinária árabe, que consiste em uma massa de trigo para quibe recheada com carne moída e temperos, assada no forno até ficar dourada e crocante. É uma ótima opção para servir como entrada, acompanhamento ou prato principal, pois é saboroso, nutritivo e fácil de fazer.

Neste artigo, você vai aprender como fazer um kibe de forno perfeito, seguindo algumas dicas simples e práticas. Além disso, você vai conhecer um pouco da história dessa receita e algumas variações que podem deixar o seu kibe ainda mais gostoso.

O que é kibe de forno?

O kibe de forno é uma adaptação do kibe frito, que é uma das formas mais tradicionais de preparar o kibe, um prato originário do Oriente Médio. O kibe é uma massa feita com trigo para quibe (também chamado de triguilho ou bulgur), carne moída (geralmente bovina ou ovina), cebola, hortelã, sal e pimenta. Essa massa pode ser modelada em formato de bolinhos, esfihas, tortas ou rocamboles, e pode ser frita, assada ou cozida.

O kibe de forno é uma das versões mais populares do kibe no Brasil, onde foi introduzido pelos imigrantes árabes no século XX. Ele é feito com uma camada de massa de kibe, uma camada de recheio de carne moída refogada com cebola, alho, tomate, cheiro-verde e outros temperos a gosto, e outra camada de massa de kibe por cima.

O kibe de forno é levado ao forno pré-aquecido por cerca de 30 minutos, até ficar bem assado e dourado. Ele pode ser cortado em pedaços quadrados ou retangulares e servido quente ou frio.

Receita de Kibe de Forno

Como fazer kibe de forno?

Para fazer um kibe de forno delicioso, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • 500 g de trigo para quibe
  • 1 litro de água quente
  • 500 g de carne moída
  • 2 cebolas picadas
  • 4 dentes de alho picados
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 2 tomates picados sem sementes
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1/4 de xícara (chá) de hortelã picada
  • 1/4 de xícara (chá) de cheiro-verde picado
  • Manteiga ou margarina para untar a forma

O modo de preparo é o seguinte:

Coloque o trigo para quibe em uma tigela e cubra com a água quente. Deixe hidratar por cerca de 30 minutos, ou até ficar macio. Escorra o excesso de água e esprema bem o trigo com as mãos para retirar o máximo de líquido possível.

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue metade da cebola e do alho até ficarem transparentes. Junte a carne moída e tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Cozinhe, mexendo de vez em quando, até a carne perder a cor rosada. Adicione o tomate e o cheiro-verde e misture bem. Desligue o fogo e reserve.

Em uma tigela grande, misture o trigo para quibe com a outra metade da cebola e do alho, a hortelã, sal e pimenta-do-reino a gosto. Amasse bem com as mãos até formar uma massa homogênea e lisa.

Preaqueça o forno a 180°C e unte uma forma retangular média com manteiga ou margarina.

Espalhe metade da massa de kibe sobre o fundo e as laterais da forma, pressionando bem com os dedos. Coloque o recheio de carne moída sobre a massa, espalhando uniformemente. Cubra com a outra metade da massa de kibe, alisando bem a superfície.

Com uma faca, faça cortes superficiais na massa, formando losangos ou quadrados. Pincele um pouco de manteiga ou margarina derretida sobre o kibe.

Leve ao forno por cerca de 30 minutos, ou até ficar dourado e crocante.

Retire do forno e deixe descansar por 10 minutos antes de servir.

Qual é a origem do kibe?

O kibe é um prato milenar, que surgiu na região da Mesopotâmia, entre os rios Tigre e Eufrates, onde hoje ficam os países do Iraque, Síria, Líbano, Turquia e outros. O nome kibe vem do árabe kubbeh, que significa bola ou croquete.

A receita original do kibe era feita com carne de carneiro crua, misturada com trigo para quibe, cebola, hortelã e especiarias. Essa mistura era moldada em formato de bolinhos alongados e consumida crua ou cozida em caldo.

Com o passar do tempo, o kibe se espalhou por diversas regiões do Oriente Médio e do Mediterrâneo, sofrendo variações de acordo com os ingredientes locais e os hábitos culinários de cada povo.

No Brasil, o kibe chegou com os imigrantes árabes no início do século XX, principalmente os libaneses e sírios, que se estabeleceram nas grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. Aqui, o kibe ganhou novas formas de preparo e consumo, como o kibe frito, o kibe assado, o kibe recheado com queijo ou outros ingredientes, o kibe cru servido com limão e azeite, entre outros.

Quais são outras receitas com trigo para quibe?

O trigo para quibe é um ingrediente versátil, que pode ser usado em diversas receitas além do kibe tradicional. Veja algumas sugestões:

  • Tabule: uma salada refrescante feita com trigo para quibe hidratado, tomate, pepino, cebola, salsinha, hortelã, suco de limão, azeite, sal e pimenta-do-reino.
  • Quibebe: um purê cremoso feito com abóbora cozida e amassada, trigo para quibe hidratado, cebola refogada no óleo ou na manteiga, sal e pimenta-do-reino.
  • Esfiha: um salgado assado feito com massa de farinha de trigo, fermento biológico, açúcar, sal, óleo e água, recheada com carne moída temperada com cebola, alho, sal, pimenta-do-reino, hortelã e limão, ou com outros recheios como queijo, frango, legumes, etc.
  • Salpicão de frango: uma salada fria feita com frango cozido e desfiado, trigo para quibe hidratado, cenoura ralada, milho verde, ervilha, maionese, sal e pimenta-do-reino, decorada com batata palha.

Quais são as dúvidas comuns sobre o kibe de forno?

  • Algumas das dúvidas mais frequentes sobre o kibe de forno são:
  • Posso usar outro tipo de carne no kibe de forno? Sim, você pode usar carne de frango, de porco ou de peixe moídos no lugar da carne bovina ou ovina. O sabor e a textura podem variar um pouco, mas o resultado também fica delicioso.
  • Posso congelar o kibe de forno? Sim, você pode congelar o kibe de forno já assado ou cru. Para congelar o kibe assado, espere esfriar completamente e corte em pedaços. Coloque em um recipiente com tampa ou em sacos plásticos próprios para freezer. Para descongelar, leve ao forno médio por cerca de 15 minutos, ou até aquecer bem. Para congelar o kibe cru, monte na forma untada e cubra com papel-alumínio. Coloque no freezer por até 3 meses. Para descongelar, retire do freezer e leve direto ao forno pré-aquecido por cerca de 40 minutos, ou até assar e dourar.
  • Posso fazer o kibe de forno sem trigo para quibe? Sim, você pode substituir o trigo para quibe por outros ingredientes que ajudem a dar liga à massa do kibe. Algumas opções são: aveia em flocos finos, quinoa cozida, arroz cozido, batata cozida e amassada, mandioca cozida e amassada, etc.
  • Conclusão
  • O kibe de forno é uma receita deliciosa e fácil de fazer, que agrada a todos os paladares. Com algumas dicas simples, você pode fazer um kibe de forno perfeito e surpreender a sua família e os seus amigos. Além disso, você pode variar o recheio e a massa do kibe de acordo com o seu gosto e a sua criatividade.
  • Espero que você tenha gostado deste artigo sobre kibe de forno. Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou opinião sincera sobre o assunto, deixe um comentário abaixo. Eu ficarei feliz em responder. Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher resgata bebê enterrado vivo e, 20 anos depois, eles são surpreendidos pelo destino

Mulher resgata bebê enterrado vivo e, 20 anos depois, eles são surpreendidos pelo destino

Com Essa Receita Você Vai Preparar uma Deliciosa Dobradinha à Brasileira

Com Essa Receita Você Vai Preparar uma Deliciosa Dobradinha à Brasileira