Professor é preso após pedir vídeo íntimo de aluno em troca de boas notas

- Anúncio -

O homem trabalhava em uma escola pública de São Sebastião da Bela Vista.

Um professor que lecionava na Escola Estadual Coronel Gabriel Capistrano,  em São Sebastião da Bela Vista (MG), foi preso em flagrante por ato libidinoso tentado contra menores, depois que uma mãe o denunciou ao ver ele convidando seu filho de 13 anos para ir à casa dele, por mensagens no WhatsApp.

O homem dava aulas de inglês e português, estava na escola há mais de 10 anos, e é casado.

- Anúncio -

De acordo com informações da polícia a mãe desconfiou da amizade do professor com o filho e monitorou o celular:

“Suspeitaram que poderia haver algo de errado entre ele e o professor, então passaram a monitorar o celular da criança e necontraram algumas mensagens de cunho pornográfico”, explica o sargento da Polícia Militar, Diego Fernando Pereira.

As conversas entre os dois já ocorriam há cerca de um ano, e em alguns momentos era de cunho pornográfico.

Em uma das últimas mensagens, o homem convidava o adolescente a ir na sua casa pois a esposa iria viajar.

A polícia informou que no celular do docente não foram encontrados vídeos do menino, mas que o aparelho passará por perícia.

Depois que o caso veio à tona, mais quatro famílias procuraram as autoridades para denunciar o homem.

- Anúncio -

“Nessa conversa tinha várias insinuações do professor, inclusive para que a criança se masturbasse para ele. Com base nisso, ele foi conduzido para a delegacia, foi preso por ato libidinoso na forma tentada”, diz o delegado regional Renato Gavião.

- Anúncio -

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) informou que já tomou conhecimento do caso e, por meio da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Pouso Alegre (MG), alunos, pais e direção da escola já forma ouvidos, e um processo administrativo foi aberto para apurar os fatos.

Um relatório foi encaminhado ao Núcleo de Correição Administrativa (Nucad) da secretaria, que deve definir as medidas cabíveis.

A Secretaria de Educação comunicou que a direção da escolae a superintendência estão oferecendo o suporte necessário à família.

Ele informaram também que a  contratação de um professor substituto já foi autorizada. 

A polícia investiga o caso.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher que se casou com fantasma de 300 anos anuncia a separação

Mulher adota um gatinho minúsculo e raquítico. Um ano depois, o bichano já tem praticamente o mesmo peso que a dona!