in

Por que às vezes é necessário cortar relações com familiares! Saiba quando você precisa cortar relações com parentes.

- Anúncio -

Seria maravilhoso se todas as famílias tivessem uma relação saudável e amorosa com todos os membros, tantos os consanguíneos como os que vão chegando com o tempo, que são maridos, esposas e os familiares deles que fazem com que o núcleo familiar seja ampliado naturalmente com o tempo.

Infelizmente nem sempre as coisas funcionam como se gostaria e, dependendo dos motivos, a relação com os familiares pode se tornar algo impossível, levando muitas pessoas a terem de cortar relações com os parentes.

Uma coisa é certa; ninguém escolhe a família em que deseja nascer, então essa pode ser uma boa oportunidade de aprender a exercitar tolerância, afeto, respeito e controle da agressividade, temperamento e perdão.

- Anúncio -

Algumas pessoas de fato se colocam em uma posição que pode dificultar a convivência, chagando a tornar a relação familiar tóxica que prejudica e ameaça o bem estar. Nesses casos, após ter tentando lidar com o parente em questão de maneira razoavelmente amigável, pode ser que precise se afastar para não se auto violentar e causar perdas emocionais baixando a autoestima que, como resultado produz insatisfação, depressão, angústia e até complicações na saúde.

Esses são alguns dos exemplos dos motivos que levam uma pessoa a cortar relações com familiares.

Familiar manipulador.

- Anúncio -

Pessoa que julga o tempo todo e que só faz fofoca.

Familiares que só aparecem quando precisam de algo e que fazem os pedidos mais absurdos achando que é obrigação do outro atender. Não aceitam a palavra “NÃO”.

Parentes que vivem em desajuste, quem fazer de tudo, desrespeitam sem se importar com a dor do familiar.

Embora seja muito triste se afastar de alguém da família, às vezes é preciso dar um tempo para se fortalecer e se proteger, pois não é concordando com tudo, mesmo sabendo que está errado que irá fazer o bem, ao contrário, estará impedindo o outro de amadurecer se estiver fazendo tudo o que desejar, além disso; não pode se agredir tanto assim.

Por outro lado, é preciso avaliar bem a situação de uma maneira racional, pois ao cortar relações com os familiares, é preciso antes estar muito seguro dessa decisão e pensar se já tentou de fato usar seus recursos para lidar com o parente difícil ou se estaria exagerando e, de maneira mais fria vale a pena suportar, pois também estaria abrindo mão das reuniões familiares, talvez da convivência com sobrinhos, caso seja pai oi mãe dos seus sobrinhos e afilhados pequenos, dentre outras possíveis perdas que só o ambiente familiar é capaz de oferecer.

- Anúncio -

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Thammy rejeita #EleNão e surpreende: ‘Não vou fazer’

Cada vez mais mulheres morrem de derrame – aqui estão os motivos e os sinais de alerta