PAIS QUE TÊM FILHA MENINA GASTAM 30% MAIS DINHEIRO DO QUE SE TIVESSEM MENINO. Veja a diferença!

Associação Brasileira de Educadores Financeiros, Abefin, realizou uma interessante pesquisa sobre gastos com os filhos, para saber a diferença entre meninos e meninas e em qual dos dois os pais mais precisam investir.

Esse tipo de pesquisa é interessante para todo o comércio e indústria do segmento infantil, desse modo podem melhor atender a demanda das necessidades, as novas tendências para meninos e meninas ficarem lindos, fofos do jeito que os pais desejarem.

Para um papai ou mamãe, o mais importante que seus filhos venham com saúde, que cresçam felizes, que tenham realizações na vida. A questão das despesas, claro são consequências necessárias de dinheiro para investir em tudo.

Os casais gostam de fazer planos de quantos filhos querem ter, mas se sabe que o homem tem um custo inferior ao das meninas, isso porque as mães gostam de enfeitar as meninas, elas são as pequenas princesinhas do lar e é natural que seja assim, despesas com lacinhos, roupinha, acessórios que fazem com que ela fique encantadora. Esse é um sonho das mamães, que segundo as empresas também já observaram.

Para a realização da pesquisa, foram estudados 15.000 pais com filhos nas idades entre 7 e 12 anos para que de fato pudesse verificar já nesta fase a diferença entre os bebês as possibilidades de gasto.

As tendências e moda são acompanhadas na internet facilmente, tanto por meninas como meninos, sendo que a maioria das meninas são mais exigentes quando o assunto é beleza e acessórios, principalmente na idade da pré-adolescência em diante.

Por conta da diferença de despesas com as meninas, cerca de 30% a mais do dinheiro nos filhos meninos, o ideal é economizar fazendo investimento ou poupança para quando as filhas estiverem na idade a partir de 7 anos, quando os pais começam a gastar mais do que na fase de bebê.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇