Mulher vence câncer após ser abandonada por marido: “Ele foi fraco”

“Ele disse que ninguém ia me querer, que eu ia ficar careca e mutilada”, relembrou Caroline Alencar

Nesta quinta-feira (10), uma entrevista com uma mulher que venceu o câncer chocou internautas e acabou viralizando nas redes-sociais, pois ela contou que foi abandonada pelo marido depois de descobrir que estava com a doença.

Caroline Alencar, 36 anos,  de Maceió, contou que além do abandono ainda sofreu com a humilhação que o homem com quem estava casada há um ano a fez passar.

“Ele disse que ninguém ia me querer, que eu ia ficar careca e mutilada, mas há homens que não são que nem ele e que só mostram o quanto ele foi fraco”, disse à entrevista.

“Estou feliz por tudo o que ocorreu, foi positivo. Deus me livrou daquele homem, me mostrou que nunca precisei dele pra nada. Graças a Deus estou curada, com um pensamento diferente, sou uma nova mulher, estou bem”, garantiu Caroline.

Em 2015 ela notou a presença de um nódulo no seio, e pediu ao marido que a acompanhasse na consulta, ele acabou não indo e ela deixou passar.

Ela morava com ele em Fortaleza (CE), e foi visitar a mãe em Maceió (AL), e lá conversando contou do nódulo, sua mãe então acompanhou ela a um médico.


“Fomos ao médico. No quinto dia, levei o resultado no mastologista e tive o diagnóstico. Ali meu mundo desabou”, relembrou.

Ela se viu desesperada com o diagnóstico e pela falta de condição de pagar o tratamento, ela então contatou o então marido.

“Ele não queria me ajudar. Comecei a desconfiar. Disse a ele que eu deveria fazer o tratamento, mas tinha minha casa, meu trabalho. E ele respondeu: ‘Se você quiser voltar, volte com sua mãe, porque eu não posso parar a minha vida’”, disse Caroline.

Ela então contou com o apoio da família e mesmo estando com o psicológico abalado pela doença, recebeu outra notícia que a deixou desolada, ele pediu o divórcio.

“Meu psicológico já estava abalado por causa da doença e ainda veio o abandono do marido”, declarou Caroline.

Apesar de tudo que passou, Caroline disse que viu nisso um benefício:

“Isso foi livramento de Deus. O que mais me deixou triste foram as atitudes dele. Isso me enojou […] Deus me mostrou que às vezes a doença vem e não é por mal, é para mudar a vida. Eu nunca perguntei: ‘Por que comigo, Deus?’”, ressaltou.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇