in , ,

Menino vítima de bullying na Austrália participa do jogo das estrelas de rugby do país

- Anúncio -

Ele deu a volta por cima!

O menino de 9 anos que sofreu bullying na escola, recebeu atenção especial em todo o mundo causando comoção em todo o mundo, mas o que antes foi tristeza e muito sofrimento, agora o menino australiano Quaden Bayles já pode sorrir.

Uma das equipes que participa da liga nacional de rugby, com jogadores da NRL e times da Austrália e Nova Zelândia, teve acesso ao vídeo que a mãe do menino compartilhou nas redes sociais e o convidou para entrar em campo com os jogadores.

- Anúncio -

Quaden Bayles entrou de mãos dadas com um dos astros no último sábado, 22/02. Ao entrar no estádio, ele foi acolhido pela torcida que o aplaudiu de pé saudando o menino.

Vestindo a camisa do time indígena, ele parecia não acreditar no que estava vivendo. Essa é uma mensagem muito importante para todos, sempre tem alguém que se importa, no caso do menino Quaden Bayles, o debate sobre bullying se tornou um discussão ainda maior, provando que ferir o outro não é brincadeira.

A mãe do menino Yarraka Bayles, contou em entrevista ao canal britânico Sky News , que não imagina o filho recebendo esse convite; “do pior dia de sua vida para o melhor dia de sua vida”.

“Nunca poderíamos sonhar em nossos sonhos mais loucos que isso tivesse acontecido em todo o mundo e criado um frenesi da mídia”, disse a mãe e completou;

- Anúncio -

“Há muitas pessoas sofrendo em silêncio e meu coração se dirige àquelas famílias que já perderam seus filhos por bullying. É uma crise internacional e exige atenção urgente.”

A família do menino vivem Queensland, na Austrália. Yarraka fala no vídeo do filho; “É isso que o bullying faz”, indignada diante do sofrimento do filho.

“Acabei de pegar meu filho na escola, presenciei um episódio de bullying, liguei para o diretor e quero que as pessoas saibam — pais, educadores, professores — esse é o efeito que o bullying tem”.

- Anúncio -

“Todo dia… acontece alguma coisa. Outro episódio, outro bullying, outra provocação, outro xingamento.”

“Vocês podem, por favor, educar seus filhos, suas famílias, seus amigos?”

Fonte: G1


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Quaden Bayle realizará o sonho de ir para a Disneylândia

Vereador e família morrem em acidente