Menina com síndrome de Down conquista concursos de beleza

Nicolly Martins Moreli é o nome de uma menina que aos 3 anos de idade, quebrou as barreiras do preconceito em concursos de beleza. Ela tem síndrome de Down e venceu as concorrentes da categoria dos concursos que participou.

Em um segmento fechado para quem não atende aos padrões de beleza pré-determinados, a vitória da menina Nicolly tem uma grande representatividade para muitas outras meninas, tendo ou não síndrome de Down.

Advertisements

Na lista de títulos conquistados, Nicolly venceu 5, sendo um deles de maior expressão, como o título de “Miss Brasil Baby Universe Fashion 2018”, quando ela estava com 2 meses e meio.

A família é do Estado do Mato Grosso do Sul, da cidade de Campo Grande.

A mãe, Marina Moreli, 39 anos, é uma grande apoiadora da filha e disse; “Inclusão é aceitação dos nossos filhos, o respeito por eles, o reconhecimento de que ser diferente é normal. Eles podem estar dentro da sociedade como qualquer outra pessoa”.

“Este trabalho que estou fazendo com a Nicolly, não é só para ela. Estou tentando representar todas as pessoas com Síndrome de Down. Quero mostrar que nossos filhos são capazes e podem ser aceitos na sociedade em qualquer coisa que eles façam”.

Marina contou um pouco como foi o nascimento da filha e como soube do Down; “foi algo muito assustador pelo medo do desconhecido, incerteza e porque ela ficou internada por 22 dias, pois nasceu sem oxigênio. Nesse período ela teve que fazer transfusão de sangue e aí tivemos a confirmação da Síndrome de Down”.

Para garantir a participação de Nicolly nos concursos, a mãe precisa promover rifas e contar com patrocínio e doações, pois o custo com concursos é alto e ela suas finanças não são suficientes para assumir todas as despesas.

Após ter vencido os concursos, a menina passou a ser modelo fotográfico de algumas marcas de lojas, assim ela recebe roupas para desfilar nas passarelas dos concursos.

Ver essa foto no Instagram

#juntospodemosmais . . Ninguém brilha sozinho, uma estrela não se destaca se não tiver outras com ela. Não é atoa que o céu é Grande e tem várias estrelas para dar o brilho bonito da Noite. Uma noite estrelada só é linda porque todas as estrelas brilham juntas. . . Na luta pela #inclusaosocial ninguém é melhor que ninguém, ninguém disputa com ninguém, por quem luta por essa causa, procura somar entre mães que querem quebrar o preconceito, que querem que respeitem nossos filhos para que possam dividir o espaço como qualquer outra pessoa.??? . . #fotoslindas @thalesfpmoura #belezafashiong Direção @edenirvazz e Coordenação @alessandramoraescg #acessoriosinfantis @somosbellabijums . . #écoolserdiferente #inclusaoreal #serdiferenteenormal #downsyndromemodel #downsinmitos #sindromededown #cromossomo21 #maeespecialcomorgulho #kidsmodels #misskids #inclusão #meums #campograndems #Soucg

Uma publicação compartilhada por Marina e Nicolly Miss (@nickmissbaby.t21) em

Fonte: Criança Especial


Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *