in

Médico preso por estupro chamou vítima para ir ao motel e questionou: ‘acima dos 70, não tem interesse?’

Um médico idoso, foi preso depois de ser denunciado por uma paciente que o acusa de abuso dentro do consultório dele, em uma clínica em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, durante uma consulta.

O médico ginecologista Silvio Pereira, de 75 anos foi preso depois da denuncia de uma paciente de 26 anos, que diz ter sido abusada por ele, quando realizava uma consulta com o especialista.

Ela disse que assim que entrou no consultório ele já começou a fazer perguntas estranhas.

“Ele perguntou se eu estava com a vida sexual ativa e se eu gostava assim de homens mais velhos. Eu respondi que não, mas aí ele perguntou: ‘mas assim, acima dos 70, não tem interesse?’”, contou a mulher que não quis ser identificada.

“Quando ele já tinha feito o procedimento com o aparelho utilizado, ele retirou e colocou a mão dele e começou a fazer elogios às minhas partes íntimas e fazendo perguntas bem sexuais mesmo e me tocando em partes que um ginecologista não toca”, afirmou a vítima

A paciente diz que o médico foi direto: “Em momento nenhum, ele utilizou meias-palavras ou deixou subentendido. Ele falou as palavras sexuais mais chulas possíveis que você possa imaginar ali pra mim e deixou claramente a intenção dele. Ele me chamou pro motel, ele me chamou pra jantar, ele fez as coisas ali, ele falou palavrões e tudo”, disse 

Ela disse que então se levantou já chorando e começou a se vestir para ir embora do lugar, e que ele seguiu agindo naturalmente.

“Ainda falou assim para mim no final: ‘Ah, marca para daqui um mês que eu quero te ver que eu vou te deixar boazinha’”.

A vitima foi para casa e contou para a irmã, então as duas procuraram a polícia, depois voltaram à porta do consultório onde o médico foi preso em flagrante.

Na delegacia o médico negou as acusações. A secretária do ginecologista também foi ouvida e disse que sempre era chamada para participar deste tipo de exame, o que não aconteceu desta vez.

“Disse apenas que é um médico de 45 anos de profissão, que nunca tinha tido outro fato dessa natureza e também quando questionado por que nesse caso concreto porque não chamou a secretária para acompanhar, ele disse que ela deveria estar enrolada com alguma outra tarefa do consultório, o que não nos convenceu”, afirmou a advogada.

O médico reponderá por estupro. Na última sexta-feira (22), uma audiência de custódia deve determinar se ele continua preso.

A polícia ainda investiga se o médico fez outras vítimas e pede que elas tenham coragem de denunciar.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

What do you think?

Written by Ana Paula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

João de Deus deixa presídio para ser internado em hospital de Goiânia

Claudia Rodrigues piora: ‘não reconhece mais a filha e nem a mim’