in

Madrasta mata criança envenenada para ficar com herança de R$ 800 mil em Cuiabá

Monstra!!! Merece prisão perpétua!!!

Madrasta de uma menina em Cuiabá foi presa como suspeita de ter tirado a vida da enteada de 11 anos de idade. A mãe da criança morreu por complicações no parto, depois o erro médico foi comprovado.

A criança, Mirella Poliane Chue de Oliveira, foi a óbito no mês de junho, dia 14, mas a madrasta recebeu voz de prisão na última segunda-feira, 09/09. O motivo de a mulher ter sido levada presa após esse tempo da morte da menina, é que para a polícia, ela foi matando a enteada aos poucos, todos os dias, dando veneno durante 2 meses até a criança não mais resistir e morrer. O motivo para tanta maldade, segundo apurado pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica), seria uma herança no valor de R$ 800.000 Mil Reais, que a menina teria direito a receber.

A mulher, identificada como Jaira Gonçalves de Arruda, de 42 anos, segundo resultado dos exames necropsia, a madrasta deu substâncias que causam intoxicação crônica e leva a morte. Foi identificado no sangue da vítima 2 dessas substâncias proibida em uma medicação que não pode mais ser comercializada, está suspensa desde de abril.

O nome da operação que investigou o caso pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica), foi conto de fadas “Branca de Neve”.

Desde pequena a avó ficou com a tutela da menina, mas em 2017 o avô faleceu e em 2018 foi a avó que morreu, ambos eram avós paternos. Então a criança teve de ir morar na casa do pai com a madrasta, quando então, para a polícia, a mulher fez o plano de matar a enteada e colocou em prática.

Até 2018, a menina era criada pelos avós paternos. Em 2017, a avó morreu e, no ano seguinte, o avô também faleceu. Então, a garota passou a ser criada pelo pai e pela madrasta, Jaira Gonçalves de Arruda. A partir daí, a mulher deu início ao plano de matar a criança para ficar com a indenização, segundo investigadores.

 Os principais sintomas de quem ingere essas substâncias nocivas são: cólica, diarreia, tremores, confusão mental, visão borrada, tosse e convulsões.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

What do you think?

Written by Silvia M2ads

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Pai de luto faz surpresa de aniversário para garota desconhecida

Dentro de caixa de sapato, recém-nascida é abandonada no meio da mata