Juíza perdoa dívida de homem que largou emprego para cuidar do filho doente

Homem que largou emprego para cuidar do filho doente tem dívida perdoada por  juíza.

 Um pai teve que largar o emprego para cuidar do filho, ele estava preocupado em como seriam  os cuidados com o menino que estava sofrendo de uma rara doença. 

Advertisements

Gangliosidose é uma patologia em que o paciente tem carência de uma enzima essencial, que promove a reposição de células cerebrais.

Adolfo Guide é um pai zeloso disposto a fazer tudo para que o filho fique bem. Para ele, sair do emprego não foi uma decisão fácil, pois a família precisa da renda, mas ao saber que o filho estava doente e que a doença é grave e rara, o pai precisou ficar ao lado do filho.

As dívidas de Adolfo foram se acumulando.  Ele incessantemente buscava todas as informações possíveis sobre a doença, na esperança de conseguir a cura para o filho. Enquanto isso, as  mensalidades do financiamento da casa própria, de R$ 500,00 (Quinhentos Reais) se tornou uma dívida de pouco menos de R$49 Mil Reais.

Sem conseguir emprego, o homem passou a trabalhar em casa como autônomo, improvisando uma oficina na frente do imóvel em que mora, mas o valor que recebia não era suficiente para arcar com todas as despesas e assim acumulou a dívida da mensalidade do imóvel.

Com medo de perder a casa, Adolfo moveu ação na Justiça para evitar cobrança da dívida com possibilidade de retomada do imóvel. A essa altura dá para imaginar a angústia dessa família.

A juíza do caso, Anne Karina da Vara, do Sistema Financeiro de Habitação de Curitiba, analisou e tomou uma decisão surpreendente. Para felicidade de Adolfo, ela perdoou a dívida determinando que estava paga pelos os valores depositados referentes às penas pecuniárias da Vara Criminal da capital.

A juiza explicou a decisão; “Não me arrependo do que fiz. Conseguimos salvar o Vitor, que é o único no mundo a superar os 11 de vida com essa doença”.

É um caso excepcional. Sentimos que ele não teria outra alternativa para quitar a dívida. Ele abriu mão da carreira profissional para cuidar do filho. Como ele também trabalha com a oficina mecânica, se perdesse o imóvel, além da moradia, perderia também sua fonte de renda.”

Fonte Sábias Palavras

Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0