Jovem estrábica atira em rival, mas mata cliente por engano em bar, diz delegado

Uma briga por causa de ciúme teria acabado com a morte de José Paixão dos Santos, de 59 anos, em um bar no Jardim Europa, em Goiânia.

De acordo com a investigação comandada pelo delegado Dannilo Proto, a mulher teria começado a discutir com uma outra, por ciúme de um ex-namorado.

Leonice Moreira de Sousa, de 23 anos, chegou a ser agredida pela outra mulher.

Então ela e o irmão Maico Douglas, de 26, deixaram o local, mas voltaram um tempo depois armados. E atiraram contra a mulher, mas Leonice teria errado o alvo e atirado contra o cliente que morreu no local.

“Ela tem estrabismo e baixa visão. Então ela tentou matar uma mulher no bar por questões de ciúme, mas acertou um cliente que não tinha qualquer ligação com a história devido a esse problema”, explicou Dannilo Proto.

Na delegacia o irmão disse que foi ele quem disparou, mas a polícia não acredita nesta versão.

“Ela e o irmão foram buscar duas armas e voltaram atirando contra a mulher. Ela não foi ferida, mas pelo problema de visão da Leonice, ela acabou atingindo um homem que estava há uns 20 metros do verdadeiro alvo dela”, explicou o delegado.

“Pela dinâmica, pelas testemunhas que estavam no local e pela posição que nos relataram que a vítima e a suspeita estava, tudo leva a crer que foi ela mesma quem atirou contra a vítima”, concluiu proto.

O crime ocorreu em 2017, mas voltou a ser notícia na internet, depois que uma página compartilhou o caso, que viralizou nas redes sociais.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Ana Richa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Enteada sobre abuso de catequista: “Sofri sozinha todos esses anos”

Barragem se rompe e atinge duas cidades na Bahia