Há 14 anos em coma, paciente dá à luz uma criança; polícia investiga estupro

Até agora a polícia ainda não sabe quem foi que engravidou a mulher em coma.

Uma paciente de uma clínica que está em coma há 14 anos em Phoenix, no Arizona, nos Estados Unidos, deu à luz a uma criança no dia 29 de dezembro.

A clínica Hacienda HealthCare, recebeu a mulher depois que ela quase morreu afogada e de lá para cá ela vive em coma.

Os funcionários e direção da clinica dizem que a gestação da mulher foi uma grande surpresa.

“Nenhum dos funcionários estava ciente de que ela estava grávida até que o momento em que ela deu à luz”, disse uma pessoa próxima do caso que preferiu não se identificar.

“Pelo que me disseram, ela estava gemendo. E eles não sabiam o que havia de errado com ela. Havia uma enfermeira que estava lá, e pelo que eu ouvi ela que trabalhou no parto”.

O Departamento de Saúde do Arizona declarou que está “trabalhando ativamente com a aplicação da lei em sua investigação”.

Os funcionários afirmaram que ela era uma paciente que necessitava de atendimento 24% por dia, e que nunca podia estar sozinha e nem teria como se defender do agressor.

A polícia agora trabalha para descobrir quem foi que engravidou a paciente e que trata o caso como estupro.

A clínica começou a realizar exames preventivos em todos os outros pacientes que estão na mesma condição para apurar se existem outra vítimas.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇