Exemplo: Juiz faz audiência em casa de idoso incapacitado para lhe conceder a sua aposentadoria

- Anúncio -

Uma parte da população de idosos do Brasil trabalha no setor da agricultura, muitas dessas pessoas encontram dificuldade para se deslocar até uma agência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), por esse motivo, acabam não fazendo a prova de vida exigida para receber a aposentadoria, quando já se encontram aposentados e outros não conseguem formalizar o pedido.

Para quem está com a idade avançada e não tem meio de  transporte ou ninguém que possa levar o idoso até o atendimento de uma agência da previdência, lamentam a situação em que ficam, pois se o valor para quem recebe é pouco para cobrir despesas básicas, sem receber fica muito pior.

O juiz Fernando Marney Oliveira, da comarca de Campos Belos, no interior de Goiás, entende a dificuldade dos idosos e, por ser uma pessoa de muita empatia, compaixão e profissionalismo, foi pessoalmente até a residência de um idoso de 83 anos, Domingos José dos Santos, para vê-lo e avaliar e conceder o direito a aposentadoria rural por idade.

- Anúncio -
- Anúncio -

A esposa de seu Domingos, Maria Ferreira, de 77 anos ficou surpresa com a ação humanizada do juiz e disse; “Tinha a certeza que ele iria perder porque não saímos de casa com ele. É muito difícil e ele sente muita dor. Tem mais de quatro meses que não saímos com ele, a médica vem aqui e olha ele quando precisa”.

O juiz conduziu a audiência na casa do idoso na presença da advogada da família. Assim a aposentadoria do idoso foi concedida.

“O depoimento pessoal colhido in loco demonstra conhecimento acerca da agricultura de subsistência. Ainda, as testemunhas ouvidas em juízo afirmaram que conhecem o requerente sempre trabalhando na atividade rural. Ou seja, por tempo superior ao necessário para o reconhecimento da sua situação de segurado especial”, disse o juiz.

Seu Domingos chorou emocionado e falou com dificuldade; “OBRIGADO A DEUS, DOUTOR E TODOS VOCÊS”.

“É a primeira vez que eu vejo aqui em Campos Belos o juiz vir na casa de uma pessoa que está numa situação dessa. Hoje o Judiciário de Campos Belos está fazendo a diferença”, disse Florismaria Ferreira Barbosa, a advogada.

O juiz explicou “Vejo que por trás de processos há vidas”.

Fonte: Sábias Palavras

- Anúncio -

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mãe de gêmeas conta como descobriu na hora do parto que uma delas tinha síndrome de Down e outra não

BBB20: Ivy e Marcela debocham de Babu ‘muito gordo’