EUA: garoto de 7 anos é algemado e detido após agredir professora

- Anúncio -

Em um vídeo que teve grande repercussão nas redes sociais, um menino de 7 anos, aparece algemado e sendo conduzido em uma viatura policial, em Miami, na Flórida, depois de agredir a professora, a chutando e puxando seu cabelo. 

Uma notícia apresentada pela rede de TV americana CBS News mostrou um vídeo que chocou muitas pessoas e teve uma enorme repercussão nas redes sociais, pois mostrava uma criança de 7 anos, sendo presa.

O menino, foi conduzido por uma policial até a viatura, algemado. Isso teria acontecido depois que ele agrediu com chutes e puxões de cabelos sua professora, na escola Coral Way Bilingual K-8 Center, após ela solicitar que ele parasse de brincar com a comida.

- Anúncio -

Depois de apreendido a criança foi encaminhada até o Hospital Infantil de Miami — onde segundo as autoridades ele teria sido amparado pela lei “Florida Mental Health Act”, que sugere que a criança teria transotrnos mentais ou psicológicos que representassem um perigo para si própria ou aos demais.

Mercy Alvarez, mãe do menino, disse em entrevista à Associated Press, afirmou que a criança não sofre de nenhum transtorno ou doença mental e classificou a atuação das autoridades como ‘abuso policial’.

“Se meu filho não estava mais agressivo quando chegamos, como eles dizem que ele estava, por que tomar medidas tão extremas? Isso é demais para um garoto da idade dele. Não pode ser um procedimento normal”, afirmou.

Entretanto, o pai do menino, concordou com os profissionais da escola de que o filho deveria passar por avaliação psicológica.

- Anúncio -

Funcionários, professores e outros colegas teriam presenciado as agressões e vários afirmaram que não era a primeira vez que a criança se comportava de forma agressiva e violenta para com outras crianças, funcionários e até mesmo com o policial que o deteve.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo: Youtube garante que vídeo nunca esteve em seu conteúdo

Garotas de 11 e 12 anos planejavam assassinar os colegas e beber o seu sangue: o que está acontecendo com nossos jovens?