in

Dicas Incríveis para Você Saber Como Fazer Sabonete Artesanal

Você já pensou em aprender como fazer sabonete artesanal e ter uma renda extra no final do mês? Ou simplesmente presentear seus amigos e familiares com produtos naturais e personalizados? Se a resposta for sim, você está no lugar certo!

Neste artigo, eu vou te ensinar o passo a passo de como fazer sabonete artesanal, desde a escolha dos ingredientes até a embalagem final.

Além disso, vou te contar uma curiosidade sobre a origem dessa arte milenar e te indicar mais três receitas incríveis usando o mesmo ingrediente principal: a base glicerinada.

Ficou interessado? Então continue lendo e descubra como fazer sabonete artesanal de forma simples, prática e divertida!

O que é sabonete artesanal e por que ele é melhor do que o industrializado?

O sabonete artesanal é aquele que é feito em casa, com ingredientes naturais e sem adição de produtos químicos nocivos à saúde da pele. Ele é mais puro, hidratante e nutritivo do que o sabonete industrializado, que contém conservantes, corantes e fragrâncias sintéticas que podem causar alergias, irritações e ressecamento.

Além disso, o sabonete artesanal possui uma quantidade maior de glicerina, um componente umectante e emoliente que ajuda a manter a umidade natural da pele. A glicerina também é responsável pela formação da espuma do sabonete, que limpa sem agredir.

Outra vantagem do sabonete artesanal é que ele pode ser personalizado de acordo com as suas preferências e necessidades.

Você pode escolher os óleos essenciais, os extratos vegetais, as manteigas, os corantes e as essências que mais te agradam e que trazem benefícios para o seu tipo de pele.

Por exemplo, você pode fazer um sabonete de lavanda para relaxar, um de alecrim para estimular ou um de mel para hidratar.

Como fazer sabonete artesanal: passo a passo básico

Para fazer sabonete artesanal, você vai precisar de alguns materiais e utensílios que podem ser facilmente encontrados em lojas de artesanato ou na internet. Veja a lista:

Base glicerinada: é a matéria-prima do sabonete artesanal. Ela já passou pelo processo de saponificação, que é a reação química entre um ácido graxo (óleo ou gordura) e uma base (soda cáustica) que resulta no sabão e na glicerina. Existem vários tipos de base glicerinada, como branca, transparente, leitosa e vegetal. Você pode escolher a que mais se adapta ao seu objetivo.

Óleos essenciais: são substâncias aromáticas extraídas de plantas medicinais. Eles possuem propriedades terapêuticas para o corpo e a mente, além de darem um cheiro delicioso ao sabonete. Você pode usar óleos essenciais de lavanda, alecrim, laranja, menta, entre outros.

Extratos vegetais: são extratos líquidos obtidos a partir de plantas ou frutas. Eles possuem princípios ativos que beneficiam a pele, como vitaminas, antioxidantes e anti-inflamatórios. Você pode usar extratos de camomila, calêndula, aloe vera, cenoura, entre outros.

Manteigas: são gorduras vegetais extraídas de sementes ou frutos. Elas possuem alto poder hidratante e nutritivo para a pele. Você pode usar manteigas de karité, cacau, manga ou cupuaçu.

Corantes: são pigmentos que dão cor ao sabonete. Você pode usar corantes naturais, como urucum, cúrcuma ou beterraba; ou corantes cosméticos próprios para sabonetes.

Essências: são aromas sintéticos que imitam os cheiros naturais. Elas são mais baratas e duradouras do que os óleos essenciais, mas não possuem as mesmas propriedades terapêuticas. Você pode usar essências de baunilha, chocolate, morango, entre outras.

Lauril: é um tensoativo que aumenta a formação de espuma do sabonete. Ele é opcional, mas pode ser usado se você quiser um sabonete mais espumante.

Formas de silicone: são moldes que dão o formato ao sabonete. Você pode usar formas de silicone de vários tamanhos e formatos, como flores, corações, animais, letras, etc.

Panela esmaltada: é a panela que você vai usar para derreter a base glicerinada. Ela não pode ser de alumínio, pois esse metal reage com a glicerina e altera a qualidade do sabonete. Além disso, ela deve ser exclusiva para esse fim, ou seja, não pode ser usada para cozinhar alimentos depois.

Espátula de silicone: é a espátula que você vai usar para mexer a base glicerinada e adicionar os outros ingredientes. Ela também deve ser exclusiva para esse fim e não pode ser de metal.

Faca: é a faca que você vai usar para cortar a base glicerinada em pedaços menores, para facilitar o derretimento.

Álcool de cereais: é o álcool que você vai usar para borrifar sobre o sabonete pronto, para eliminar as bolhas de ar e dar um acabamento mais liso e uniforme.

Borrifador: é o recipiente que você vai usar para colocar o álcool de cereais e borrifar sobre o sabonete.

Papel manteiga: é o papel que você vai usar para forrar o local onde vai colocar as formas de silicone com os sabonetes, para evitar que grudem na superfície.

Papel filme: é o papel que você vai usar para embalar os sabonetes depois de desenformados, para protegê-los da umidade e da poeira.

Etiquetas: são as etiquetas que você vai usar para identificar os sabonetes com o nome, a data de validade e os ingredientes.

Agora que você já tem todos os materiais e utensílios necessários, vamos ao passo a passo de como fazer sabonete artesanal:

  1. Corte a base glicerinada em pedaços pequenos e coloque na panela esmaltada.
  2. Leve a panela ao fogão e aqueça em fogo baixo, mexendo com a espátula de silicone até derreter completamente. Não deixe ferver nem formar bolhas.
  3. Desligue o fogo e adicione os óleos essenciais, os extratos vegetais, as manteigas, os corantes e as essências da sua preferência. Mexa bem até incorporar todos os ingredientes. Se quiser um sabonete mais espumante, adicione também o lauril.
  4. Despeje a mistura nas formas de silicone, preenchendo até a borda. Se quiser fazer sabonetes com mais de uma cor ou camada, espere uma camada secar antes de despejar outra por cima.
  5. Borrife álcool de cereais sobre os sabonetes, para eliminar as bolhas de ar e dar um acabamento mais liso e uniforme.
  6. Deixe os sabonetes secarem em um local arejado e longe da luz direta do sol por cerca de 24 horas ou até ficarem firmes.
  7. Desenforme os sabonetes com cuidado, puxando as bordas das formas de silicone e empurrando o fundo.
  8. Embale os sabonetes com papel filme e coloque as etiquetas com as informações necessárias.

Pronto! Você acaba de aprender como fazer sabonete artesanal de forma simples e prática! Agora é só usar ou presentear quem você quiser!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como limpar piso sem fazer esforço: 4 receitas caseiras incríveis

Receitas de carne assada recheada para surpreender: sucesso de sabor