in ,

Dia internacional das pessoas dramáticas

- Anúncio -

Situações que causam tristeza, angústia entre outras oscilações do humor, qualquer pessoa está sujeita, faz parte da vida terá altos e baixos, o que muita gente não sabe é que quando toda essa carga emocional tende a seguir para o exagero, faz com que a pessoa se torne dramática.

A questão é tão séria que foi criado o Dia Internacional das Pessoas Dramáticas, Dia 20 de outubro.

Os problemas podem surgir em qualquer momento da vida, porém, faz parte do desenvolvimento humano aprender a lidar e superar, conforme as condições internas de cada um, se reerguer e seguir com a vida, recuperando-se e aprendendo a se fortalecer com o aprendizado.

- Anúncio -

Contar com um ombro amigo e de confiança para desabar é perfeitamente natural e saudável, o que não pode é “vampirizar” o outro querendo impor seus problemas como se fosse prioridade do mundo. Quer saber? Não é!

Para cada indivíduo o problema parece ser muito pesado, sim, afinal está envolvido com e nem sempre o que parece ser simples de resolver, dizendo apenas sim ou não, cabe para a pessoa que está sentindo.

- Anúncio -

Se por um lado é bom ter empatia com a dificuldade do próximo, também não dá para lidar com as pessoas excessivamente dramáticas, que em tudo se colocam na posição de vítima.

Quando falamos em gênero dramático da literatura ou cinema, é algo que está ligado a cultura e entretenimento.

No caso do o Dia Internacional das Pessoas Dramáticas, Dia 20 de outubro, essa data foi escolhida para conscientizar que a pessoa exagerada com suas angústias, que vive sempre contando problemas e suas dificuldades, ou que tenta atrair a atenção de todos, sempre que possível, até quando está em um momento de descontração e começa a narrar suas lamurias, seria interessante procurar ajuda profissional.

O que parece ser tão chato, pessoas começam a evitar o indivíduo resmungão, pode ser um modo se forçar o outro a dar atenção de maneira equivocada.

A proposta é informar que pessoas dramáticas em excesso devem buscar apoio terapêutico e descobrir o que leva a se comportar desse modo, ou sentir essa necessidade.

- Anúncio -

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

A melhor bebida para fortalecer os joelhos e reconstruir a cartilagem e os ligamentos

Marque a pessoa que te faz sonhar com esse dia