Cuidadora de médico morto em assalto confessa participação no crime

- Anúncio -


Segundo informações da Record TV, a cuidadora do médico idoso Murillo de Oliveira Vilella que morreu durante um assalto dentro de casa confessou sua participação no crime na manhã desta sexta-feira (21).


O assalto ocorreu no apartamento de Murillo, na Consolação, região central de São Paul, e foi descoberto por outra funcionária, que ao chegar de manhã para trabalhar encontrou a cuidadora amarrada à uma cadeira, e o idoso amarrado na cama, já sem vida.


A polícia desconfiou da participação da cuidadora desde o início, porque os bandidos entraram com a chave, e o apartamento ainda tinha uma fechadura especial, que não é comum, e somente ela e as outras pessoas que frequentavam o imóvel tinham.

- Anúncio -


Outro detalhe que levantou suspeita da polícia, foi a forma como ela ficou amarrada, apenas com um fio de carregador de celular, nas mãos com apenas dois nós, que segundo a polícia, qualquer pessoa teria se soltado facilmente e ela não foi amarrada nos pés, então poderia ter levantado da cadeira caso quisesse.
Ao investigar as câmeras de segurança do prédio, uma dos assaltantes foi identificado e é vizinho da cuidadora.

- Anúncio -


Ela teve a prisão preventiva decretada, e ao ser interrogada, acabou confessando que participou do assalto.


A polícia investiga que a morte do médico foi causada por asfixia da mordaça que eles o impuseram, ou se foi asfixia mecânica.
Há também a hipótese de que ele tenha sofrido um ataque cardíaco devido ao trauma, pois ele tinha 93 anos de idade.


Exames serão feitos para definir qual a exata causa da morte, e a investigação continua para saber se houve a participação de mais pessoas no crime.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Simony sobre acusação de assédio contra Dudu Camargo: “Medidas serão tomadas”

Garoto chora e se desespera após ouvir os pais tendo relações: “TRÊS vezes!”