in

CUIDADO! Você precisa saber o que o bicho-de-pé causa a saúde e como se proteger

Os nossos pés são o local que menos nos preocupa ou que não necessita de cuidados diários. Mas talvez seja uma das principais partes do nosso corpo, por isso chamamos sua atenção para ter cuidado e saber e descobrir o que você precisa saber o que o bicho-de-pé causa a saúde e como se proteger. 

 

O pé é responsável por manter nosso equilíbrio. Basicamente, o pé ajuda a mantê-lo em pé, e é por isso que devemos cuidar dele.

 

Bicho-de-pé é o nome popular de uma pulga que causa uma infecção parasitária pruriginosa e dolorosa chamada tungíase. A pulga fêmea penetra pelo hospedeiro (perna) e abre espaço para que os ovos se acumulem ali. 

 

Sintomas que podem indicar que você está com bicho-de-pé

 

Em geral, os sintomas podem variar, incluindo dor e coceira. O tamanho do tunga penetranes, como é chamado cientificamente, é quase “invisível” a olho nu. Uma pulga desconhecida tem cerca de 1 mm. 

 

Se você é uma pessoa que tende a andar descalço com os pés apoiados no chão, corre o risco de ser infestado por pulgas. A pulga não está procurando por você, mas você está invadindo o habitat dela. Evite andar descalço em áreas arenosas, diretamente no chão.

 

Vale ressaltar que tanto os machos quanto as fêmeas se alimentam do sangue de animais como cães, gatos e ratos, principalmente machos e também suínos. Embora machos e fêmeas sejam hematófagos, apenas a fêmea penetra na derme na tentativa de acabar com sua vida.  

 

 Sem dúvida! Apesar de ser um inseto aparentemente inofensivo, a infestação pode se multiplicar e causar problemas maiores, como bolsas de pus, caso uma grande quantidade de ovos  se acumule na área afetada. 

 

O Ministério da Saúde enfatiza a importância da triagem de  todas as pessoas e animais que vivem na área. Além disso, é importante avaliar o local para ver se há alguma fuga. 

 

O tratamento é realizado removendo as pulgas da área afetada com medicação. Consulte o seu médico se você acha que isso está acontecendo.

 

Saiba mais sobre o bicho-do-pé:

O bicho-de-pé, também conhecido como tungíase, é uma infestação causada pelo parasita Tunga penetrans, que geralmente ocorre em regiões tropicais e subtropicais. 

Esses parasitas se alojam na pele humana, especialmente nos pés, causando desconforto e inflamação. Para evitar essa infestação, é importante tomar algumas medidas preventivas.

Veja essas importantes dicas para se proteger:

Aqui estão algumas dicas úteis:

Use calçados adequados: O bicho-de-pé é transmitido através do contato direto com o solo infestado. Usar calçados fechados e adequados é essencial para evitar a penetração do parasita na pele dos pés.

Evite andar descalço em áreas onde o risco de infestação é alto, como praias, campos, parques ou áreas rurais.

Mantenha os pés limpos e secos: Manter os pés limpos e secos é uma medida importante na prevenção do bicho-de-pé. Lave bem os pés com água e sabão regularmente, prestando atenção especial às áreas entre os dedos.

Certifique-se de secar completamente os pés após o banho, pois a umidade favorece o desenvolvimento do parasita.

Use repelentes de insetos: O uso de repelentes de insetos nas áreas expostas da pele pode ajudar a evitar as picadas de pulgas e outros parasitas. Certifique-se de escolher um repelente que seja eficaz contra pulgas e carrapatos, seguindo as instruções do fabricante para aplicação adequada.

Evite áreas infestadas:

Se você estiver em uma região conhecida por ter infestação de bicho-de-pé, evite áreas com alta probabilidade de contaminação.

Fique atento a sinais de alerta, como avisos ou informações locais, e siga as recomendações para evitar o contato com áreas infestadas.

Verifique regularmente seus pés: Faça uma inspeção visual regular dos seus pés, especialmente após passar algum tempo em áreas suspeitas.

Preste atenção aos sinais de infestação, como pequenos pontos pretos ou saliências na pele. Se você notar algum sinal de infestação, procure um profissional de saúde para remoção adequada do parasita.

Tratamento de ambientes infestados: Se você estiver em um ambiente infestado por bicho-de-pé, é importante tomar medidas para tratar e controlar a infestação.

Consulte profissionais de saúde ou entidades responsáveis pela saúde pública para obter informações sobre as melhores estratégias de controle e tratamento.

Lembrando que essas medidas preventivas são essenciais para evitar o bicho-de-pé, mas caso você suspeite ou tenha sido infestado, é fundamental buscar assistência médica para um tratamento adequado.

O profissional de saúde poderá realizar a remoção segura do parasita e indicar o tratamento apropriado para evitar complicações.

 

Facebook Comments Box

3 Comments

Leave a Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você vai ficar assustado com o que sai desse Olho de Peixe, veja.

ASSUSTADOR! Você não vai acreditar no que saiu dessa unha até ver isso: parece mentira