in

Crianças precisam de micróbios, não de antibióticos, para desenvolverem a imunidade – diz estudo

Pais de filhos pequenos geralmente acreditam que a casa tenha que ser extremamente limpa e utensílios esterilizados para garantir o bem estar dos filhos, mas cientistas dizem o contrário

Marie-Claire Arrieta, microbiologista e co-autora do livro “Deixe-os comer sujeira: salvando nossos filhos de um mundo ultrapassado”, diz que exageros com relação a limpeza e higiene dos filhos, da casa e dos utensílios usados por eles, não só não garantem a saúde, como na verdade atrapalham o desenvolvimento da imunidade.

De acordo com a especialista, desde o nascimento a criança já tem micróbios, então o sistema imunológico já esta sub-desenvolvido, e assim que os germes entram em ação, o sistema imunológico é ativado de forma imediata.

A ideia de deixar os filhos se sujarem, colocarem objetos não esterilizados na boca entre outros, faz muitos pais ficarem preocupados, mas Marie Claire, garante que isso é fundamental para evitar doenças futuras.

Outro dado revelado pelas pesquisas, é que as crianças criadas em zonas rurais, têm menos incidência de doenças como asma, pois elas têm mais contato com “sujeira”, desde pequenas.

O estudo diz que crianças que usam chupeta sempre fervidas na água, apresentam mais asma do que as que os pais limpam a chupeta na boca.

Ela saliente que hábitos de higiene não devem ser descartados e que o ambiente dever ser limpos, mãos lavadas e roupas higienizadas, porém sem excessos e exageros. E que os pais devem promover brincadeiras onde a criança tenha contato com terra, areia, água, grama e alguma sujeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segundo ginecologistas, de todos os anticoncepcionais, esses são os 12 que fazem menos mal a saúde da mulher

Bruna Marquezine confirma fim de namoro com Neymar: “decisão dele”